02/03/2012 10h35 - Atualizado em 02/03/2012 10h35

Produtores do jogo que parodia Justin Bieber processam o cantor

Arthur Figueiredo
por
Para o TechTudo

A RC3 criou um jogo chamado Joustin’ Beaver, um aplicativo de US$ 0.99 que traz como protagonista uma versão castor do cantor Justin Bieber. Os advogados do astro não ficaram nem um pouco felizes, e pediram a retirada do game da App Store. A produtora, no entanto, sentiu que seus direitos foram feridos, e contra-atacou.

Joustin' Beaver (Fotos: Divulgação)Joustin' Beaver (Foto: Divulgação)

A RC3 entrou com um processo pelo direito de continuar distribuindo o jogo. Joustin’ Beaver é sobre um castor, que possui até a franja do cantor. O personagem tem que distribuir autógrafos e usar uma lança para acertar paparazzi, enquanto evita ser sugado pelo “redemoinho do sucesso”.

A produtora afirma que o jogo se trata de uma paródia e por isso é protegido pela Primeira Emenda da Constituição dos Estados Unidos, que garante a liberdade de expressão. A empresa quer que um juiz concorde com a sua visão do jogo, afirmando que mesmo que o título use a aparência do artista até certo ponto, “não constitui uma apropriação indevida do nome de Bieber para propósitos comerciais.”

Este processo pode até servir de exemplo futuro para que se determine até onde vai a liberdade de expressão quando se trata de videogames. Os advogados de Justin Bieber estão atualmente tentando provar que Joustin’ Beaver pode confundir os consumidores, levando-os a pensar que se trata de um produto licenciado oficialmente.

Via Joystiq

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares