16/03/2012 11h55 - Atualizado em 16/03/2012 11h55

The Union e a promessa de fazer história no Brasil

Ricardo Farah
por
Para o TechTudo

O mercado de games nacional e a indústria cinematográfica local ainda caminham a passos consideravelmente lentos. Não por falta de incentivo do governo mas, sim, por carência de cursos profissionalizantes capazes de florescer o talento de jovens estudantes que sonham ingressar no mercado.

Foi com base nesse cenário que nasceu o The Union, evento que aconteceu no último final de semana aqui em São Paulo reunindo os principais talentos de Hollywood no âmbito das artes digitais e que juntos dividiram suas histórias, trabalhos e dicas para jovens que buscam aprender mais sobre a indústria e sobre as principais ferramentas que dão vida aos filmes, animações e, por que não, jogos eletrônicos.

The UnionThe Union (Foto: Reprodução)

Mestres reunidos

Realizado pela escola brasileira SAGA em parceria com a escola americana Gnomon, a primeira e mais importante escola de artes digitais dos EUA, o The Union de 2012 trouxe talentos como Neville Page, concept designer e ilustrador de filmes como Planeta dos Macacos, As Crônicas de Nárnia, StarTrek, Tron e, o mais famoso, Avatar; Scott Spencer que atualmente trabalha como designer do filme O Hobbit; Darrin Krumweide, responsável pelo protótipo do Batmóvel em Batman Forever e por trabalho em empresas como Warner Bros, Honda e SEGA; e Alex Alvarez, dono da Gnomon e também responsável por trabalhos em filmes como Lanterna Verde, Avatar e StarTrek.

Juntos, ao lado de outros seis talentos, eles mostraram o quanto o estudo acadêmico e as oportunidades que a vida nos dá não podem ser dispensados de forma alguma. Pegue por exemplo o brasileiro Alex Cancado. Em sua palestra, ele contou o quanto foi difícil conseguir um visto americano para estudar e, posteriormente trabalhar em Hollywood. De aluno da Gnomon, Alex hoje imprime seu talento em trabalhos como os filmes Os Vingadores e X-Men: Primeira Classe, provando definitivamente que com talento, um pouco de sorte e muita força de vontade, tudo é possível.

The UnionThe Union (Foto: Reprodução)

Apesar disso, o grande destaque do evento para o mercado brasileiro nasceu dentro do próprio The Union e da parceria das duas escolas de artes visuais. Juntas, SAGA e Gnomon estão prestes a abrir a primeira escola de ensino das artes digitais focado na indústria de Hollywood e games.

Exportando talentos

A promessa é de que a AXIS, nome da nova escola, se torne o passaporte para que talentos brasileiros sejam exportados para o mercado internacional e, a médio prazo, se estabeleça uma indústria de criação digital em nosso próprio país. Este sem dúvida é o start principal para que o mercado de games e cinematográfico atinja patamares nunca antes vistos em nosso país.

Mas tudo depende, é claro, unicamente do esforço pessoal de cada um que sonha trabalhar neste mercado. Segundo o que foi dito, a escola não terá espaço para quem realmente não se dedicar ao máximo em busca de fazer desta a sua profissão.

O problema disso tudo é que o modelo acadêmico hoje no Brasil não é dos melhores. A filosofia de que temos que estudar todas as principais etapas do ensino básico, fundamental e médio infelizmente consome muitos anos da vida de um jovem que poderia muito bem se tornar um talento na indústria. O desafio da nova escola, ao meu ver, não será “achar e formar” estes talentos, mas sim “achar, formar e conscientizar” os pais desses jovens.

The UnionThe Union (Foto: Reprodução)

Como explicar para um pai que, faz muito mais sentido investir na carreira de seu filho em uma indústria que já rende bilhões em outros países, mas que ainda patina por aqui?

Acho que a melhor forma é olharmos para os vários brasileiros que tiveram a oportunidade de mostrar o seu trabalho para empresas globais e que hoje respondem por alguns dos melhores cargos nestas empresas. Talentos como Fausto De Martini, Diretor de Arte da Blizzard e responsável por modelos de personagens e cinematics de games como StarCraft II, World of Warcraft e Diablo III; ou Rafael Grassetti, atualmente Artista de Personagens Sênior da BioWare, responsável pelos personagens de Mass Effect 3 que você deve estar jogando agora. Esses são exemplos que devem ser mostrados para todos os pais que têm dúvida sobre o possível sucesso profissional de seus filhos.

Fico pensando o quanto a vida de muita gente da minha idade ou mais velha teria sido diferente se tivéssemos essa oportunidade que os jovens estão tendo hoje. Resta saber se o mercado brasileiro está pronto para tudo isso.

The Union, trabalhos dos artistasThe Union, trabalhos dos artistas (Foto: Reprodução)
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares