26/04/2012 07h00 - Atualizado em 26/04/2012 07h00

20% dos Macs carregam malwares desenhados para o Windows

Filipe Garrett
por
Para o TechTudo

Uma pesquisa realizada pela empresa de segurança Sophos apontou que até 20% dos Macs contém algum tipo de malware. O curioso, entretanto, é que a maioria dessas pragas virtuais foi criada para rodar em sistemas Windows e, em Macs, acabam sendo inofensivas.

anti-malware-toolkit (Foto: baixatudo)Malware  (Foto: Reprodução)

A Sophos pesquisou um universo de 100 mil Macs em todo mundo para chegar ao veredicto da pesquisa. Embora os malwares para Windows sejam incapazes de causar danos em Macs, o número chama atenção para a relativa facilidade com que as pragas instalam-se num sistema operacional reconhecido como bastante seguro.

Segundo a empresa de segurança, o resultado está diretamente vinculado com a impressão generalizada de boa parte dos usuários do sistema da Apple de que não é necessário tomar precauções de segurança. O resultado disso pode ser reconhecido ao se observar que o malware mais popular é um velho arquivo malicioso, de mais de três anos, que infecta máquinas a partir de um PDF especialmente criado para a disseminação da praga.

Em termos de Macs infectados com malwares realmente nocivos à plataforma, a pesquisa registrou um índice bastante baixo, de apenas 2,7% de infecções.  O mais popular é o cavalo de troia Flashback e suas diversas variações.

Via Geek.com e Ubergizmo

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Sandro Sans
    2012-04-26T17:17:31

    E dai??? Nos Macs e nos Linux sempre tem esses arquivos de vírus, que são Arquivos desconhecidos para o Sistema. Vai do usuário deletar. Inclusive tem sites que baixam sem você pedir certos programas, por exemplo, um tal “Pc Mega rápido” outro “Sweet IM”etc muito chato isso.