Internet

16/05/2012 15h21 - Atualizado em 16/05/2012 15h21

Apesar das novidades, Google+ continua deserto, diz pesquisa

Aline Jesus
por
Para o TechTudo

Apesar das recentes investidas no Google+, a rede social que nasceu para ser rival do Facebook não se tornou sequer mais popular do que o concorrente da casa, o Orkut. Prova disso é um estudo dos analistas da empresa RJ Metrics. A página confirma que o site é uma “cidade fantasma da Internet”.

Nem mesmo as campanhas de marketing do Google salvam sua rede social (Foto: Reprodução)Nem mesmo as campanhas de marketing do Google salvam sua rede social (Foto: Reprodução)

O dado impressiona: em média, o usuário regular do Google+ demora cerca de 12 dias para entrar na rede social. E, quando ele finalmente entra, tem médias ainda mais assustadoras: menos de um compartilhamento, menos de uma resposta a suas publicações e menos de um “+1″ em seus posts.

A pesquisa ouviu 40 mil pessoas que têm contas na rede social do Google. Destas, 30% fizeram apenas um post no site e depois desistiram de usar a página. Outros 15% chegaram a publicar cinco vezes, porém não voltaram mais. Segundo o relatório, isso é o que de pior pode acontecer a uma rede social: o boom de usuários quando ela surgiu foi enorme, mas a taxa de aceitação não.

“No fim do dia, o Google+ simplesmente não tem a mesma adoção e engajamento de seus usuários como outras redes sociais. A taxa de declínio é grande e gera preocupações. Os usuários, cada vez mais, parecem que vão interagir menos. E isso com pouco tempo no site”, diz o estudo.

Esta não é a primeira e nem a última pesquisa refletindo o que vem acontecendo no Google+. No entanto, a companhia não se assusta. Em nota oficial, a empresa diz que o estudo “tem erros” e que “não é uma representação correta do que acontece em seu site”. Se os números estão ou não certos, não há como saber, mas que o Google+ não é, nem de longe, o que boa parte dos especialistas esperava, isso não é mesmo.

Via Daily Mail

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Jorge Rodrigues
    2013-03-15T23:18:53

    é esta pesquisa é velha mesmo vejam o google + agora , já é a segunda rede social mais usada no mundo com mais da metade de usuários do facebook , pesquisas apontam que g+ passará facebook em menos de 1 ano

  • Travis Walton
    2012-05-29T20:47:43

    Faço parte dos 15% que chegaram a publicar cinco vezes, porém não voltaram mais. \o/

  • José Santos
    2012-05-18T05:46:58

    Não boto fé nessa pesquisa! Eu digo por mim que sou usuário desde o começo do ano, o G+ aumenta em quantidade de usuários e de interação de forma absurdamente enorme muito rápida mesmo! Sou viciado nessa rede e não demoro nem sequer 24 hrs entre um login e outro! É claro que o Facebook não abre concorrência com ele devido a extrema diferença de quantidade de usuários que ambas as redes sociais possuem.

  • Diego Silva
    2012-05-17T10:31:20

    maior furada essa pesquisa. todo dia entro no G+ e sempre tem novidades, tanto nas contas de sites quanto pessoais. um exemplo é ir em explorar, onde se vê o que está rolando mundo afora. só o que não gosto no G+ é o compartilhamento de bobagens, como no ORKUT e FACEBOOK ocorre muuuuuuuuito.

  • Maurilio Junior
    2012-05-17T02:32:52

    Até parece que o Facebook começou com um milhão de compartilhamentos por dia.. coisa ridícula essa empresa querer comparar uma rede que começou a pouco mais de um ano com o Facebook que já é um idoso das redes sociais. perca de tempo.

  • Ariston Deluchi
    2012-05-16T22:58:25

    Eu creio que o G+ está crescendo e não indo de cara contra o muro, só notar os números de compartilhamento crescendo! Esses tempos atrás não se via nada...

  • Jorge Faria
    2012-05-16T16:55:34

    Bebeu?!?!? A velocidade com que as pessoas estão entrando, participando, compartilhando círculos... É imensamento maior do que no Facebook... 40 mil em um universo de mais de 170 milhões não pode ser considerado!