Internet

03/05/2012 10h05 - Atualizado em 03/05/2012 10h05

LG entra no mercado de armazenamento na nuvem

Aline Jesus
por
Para o TechTudo

A concorrência entre as grandes empresas de tecnologia ganhou uma nova ramificação: além dos aparelhos eletrônicos, agora elas duelam pela preferência dos usuários nos serviços de armazenamento de arquivos na nuvem. Recentemente o Google lançou o Google Drive. Nos próximos dias, a Samsung anunciará o seu serviço. E na última segunda-feira (30), as duas ganharam mais um rival: o My Media Box, da LG.

Serviço de armazenamento da LG começa a funcionar nesta terça (Foto: Reprodução)Serviço de armazenamento da LG começa a funcionar nesta terça (Foto: Reprodução)

O mercado do armazenamento em nuvem, que era dominado pelo iCloud para os usuários Apple e pelo Dropbox para computadores e smartphones em geral, já vem crescendo há algum tempo, mas o lançamento do serviço da LG pode ser considerado uma surpresa. Não havia rumores sobre esta possibilidade, e o anúncio feito por meio de um comunicado oficial à imprensa poucos dias antes do projeto da Samsung sair do papel acabou provando o quanto todas as grandes companhias estão de olho nesta área.

A LG e a Samsung são rivais antigas, ambas fundadas na Coreia do Sul, e talvez isso explique esta novidade na mesma semana em que o novo Galaxy e o S-Cloud devem ser anunciados.

O My Media Box LG Cloud vai oferecer os já tradicionais 5 GB de armazenamento grátis para seus usuários, porém quem é dono de uma SmartTV ou smartphone da companhia ganhará 50 GB de graça por seis meses. O principal diferencial do serviço é a transferência de arquivos entre os dispositivos da marca, que será feita por um aplicativo único e exclusivo, e haverá até conversão de arquivos automática de acordo com o aparelho. A integração entre televisão, computador e smartphone chegará a um nível “nunca visto antes”, segundo a LG.

“A nossa solução quer fazer a vida mais conveniente”, explicou Havis Kwon, presidente e CEO da LG Home Entertainment Company.

A versão beta gratuita do programa começa a funcionar já nesta terça-feira (01), porém apenas na Coreia do Sul e nos Estados Unidos. Uma versão que rodará em todo o mundo está sendo desenvolvida para o próximo ano.

Via Engadget

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares