09/07/2012 18h36 - Atualizado em 09/07/2012 18h36

Cientistas projetam imagens em uma bolha de sabão

Filipe Garrett
por
Para o TechTudo

Cientistas da Universidade de Tóquio demostraram que é possível projetar e assistir a imagens tri e bidimensionais em uma bolha de sabão. Segundo os pesquisadores, trata-se da tela transparente mais fina do mundo. O experimento usa a capacidade altamente reflexiva das bolhas de sabão para transformar luz em imagem.

Técnica usa bolhas e ondas sônicas para moldar e projetar imagens (Foto: Reprodução)Técnica usa bolhas e ondas sônicas para moldar e projetar imagens (Foto: Reprodução)

A projeção funciona com a alternância de diferentes frequências e intensidades de vibrações ultrassônicas, que moldam e alteram o comportamento da bolha, onde as imagens são projetadas. O uso das ondas de som permite alterações na textura da lâmina da bolha, composta por água, sabão e outras substâncias, criando uma sensação de imagens mais ricas e detalhadas.

Por exemplo: as asas de uma borboleta possuem uma textura mais acidentada do que uma bola de bilhar, que é totalmente lisa. Essas duas características podem ser reproduzidas com a ajuda das ondas sonoras em tempo real, dando à exibição um realismo inexistente em qualquer um dos displays a que estamos acostumados.

O líquido utilizado para o experimento usa sabão, água e outros compostos para que o resultado final seja mais estável e resistente do que a espuma que se forma em nossas casas. Segundo os cientistas, é possível, também, projetar imagens tridimensionais. Para isso, é preciso o uso de mais bolhas. O conjunto delas cria a sensação de perspectiva e profundidade de uma exibição tridimensional. Na avaliação dos pesquisadores, a evolução dessa tecnologia pode, no futuro, chegar às nossas casas.

No vídeo abaixo, você pode ver o resultado final da experiência:


Via Pocket-lint

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares