Fabricantes

26/08/2012 08h24 - Atualizado em 26/08/2012 08h24

Battle.net é bloqueada no Irã e acusada de oferecer violência e conteúdo sexual

Flavio Croffi
por
Para o TechTudo

De acordo com relatos de jogadores do Irã, não é mais possível acessar o serviço online da Activision Blizzard, a Battle.net, no país. Isso faz com que jogos como Diablo 3, Starcraft 2 e World of Warcraft também se tornem inacessíveis na região.

bnetiranWorld of Warcraft é um dos jogos inacessíveis no Irã (Foto: Divulgação)

Pelo menos 20 jogadores criaram tópicos de reclamações nos fóruns oficiais da Blizzard ou de alguns de seus jogos. De acordo com esses jogadores, as razões para o bloqueio são: promover superstições e mitologias, conteúdo de muita violência em seus jogos e a exposição de roupas não apropriadas para personagens femininas.

Alguns dos usuários também reportaram que o serviço apenas está disponível por meio de redes privadas ou outros servidores fora os oficiais da Blizzard.

O assunto surgiu algumas semanas depois de o Ministro de Telecomunicações do Irã, Reza Taghipour, afirmar que quer retirar o país da Internet. De acordo com a sua proposta, a ideia é inserir a região em uma intranet própria, de forma que fosse mais fácil restringir o conteúdo publicado.

Via Highdetail

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Adriano Dias
    2012-10-02T13:29:20

    Eles jogam pedra nas pessoas, quem são eles pra falar em violência?

  • Lawrence Teixeira
    2012-08-27T08:01:52

    Nossa, o Irã quer sumir com a INTERNET do país? Aí ja é demais.

  • Lucio Menezes
    2012-08-26T15:45:20

    Não distorçam, isso não tem a ver com religião e sim com ditadura. Eles apenas usam a religião como apoio para resoluções anti-democráticas, na coreia do norte ou cuba por exemplo, os líderes não se preocupam em usar de expedientes religiosos para embasar decisões do regime. Não é religião, como não foi na Alemanha nazista, ou em vários outros pontos na evolução da humanidade, religião não é o meio de oprimir, é a só a desculpa de países governados por pessoas com pouco apreço humano e interessados em isolar a população para se perpetuar no poder.

  • Frederico Oliveira
    2012-08-26T14:33:46

    Jogo video game desde que ele existe quando foi lançado o telejogo no Brasil antes mesmo do Atari,minha conta da batlenet tem uns 5 anos já joguei todos os tipos de jogos inclusive continuo jogando jogos de guerra e afins nunca fui violento nem nunca cometi crimes contra a sociedade por causa disso como faz questão de afirmar certos ignorantes sem a minima noção do que estão falando.Brasileiro reclama de videogame mas deixa a filhinha de dez anos de idade assistido putaria o dia todo na globo. Mas voltando ao topico VIVA A RELIGIÃO E A DESGRAÇA QUE ELA TANTO CAUSA A HUMANIDADE.

  • Igor Fontes
    2012-08-26T15:56:55  

    Engraçado esses países do oriente médio, eles consideram um ABSURDO, algo INADMISSÍVEL um simples jogo que apresente certos aspectos de violência, ou até mesmo de nudez, porém acham justo e certo apedrejar pessoas até a morte por fazer sexo antes do casamento, ou cortar seus dedos ou mãos por roubo... Casos aos quais estamos acostumados a ver no noticiário sobre os países do oriente.... Não tenho preconceitos com relação a RELIGIÃO, porém acho que algumas religiões são sensacionalistas demais para algumas coisas e permissivas demais para outras. Jogar D3 é do capeta, apedrejar até a morte não!

    recentes

    populares

    • Igor Fontes
      2012-08-26T15:56:55  

      e outra coisa, violento o mundo sempre foi, na idade média chegar aos 40 anos era difícil, o que tu se confunde ou usa de forma maliciosa e a sensação de violencia passado para nós por causa da era da informação, tu fala como um desses estudantes de historia marxistas, ta bom de se informar melhor e fora do teu clubinho de socialistas do bar da esquina

    recentes

    populares

    • Igor Fontes
      2012-08-26T15:56:55  

      Pra terminar a conversa, uma risadinha básica do bando de alienados baba-ovos de americanos : kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk kkkkkkkkkkkkkkkkkk Eu compreendo, quando o grau de alienação é muito, é difícil para qualquer um entender qualquer argumento lógico. Mal conseguem compreender o significado da palavra "contribuição", assumindo à palavra um valor absoluto, quando na verdade é relativo. Eu nunca disse que um jogo, por si só, exclusivamente, cria violência, eu disse que ele CONTRIBUI. Entendem o que significa CONTRIBUI, ou é muito para vcs entenderem ? Pensem o que quiser !!!

  • Yuri Bressane
    2012-08-26T13:42:26  

    Gabriel Nagib, esses jogos sao violentos mesmo, até o Brasil ja deveria ter bloqueado, mas por motivo de segurança nacional e não religioso.

    recentes

    populares

    • Yuri Bressane
      2012-08-26T13:42:26  

      sempre joguei videogame, jogos violentos inclusive e nunca saí por aí matando ninguém nem atropelando. Se jogos são perigosos, devemos proibir também as bebidas, estas sim que matam milhares de pessoas todos os anos. Ah deveríamos proibir também o Carnaval por ter muita baderna e ser perigoso para a saúde. Percebeu onde este tipo de raciocínio despenca? É proibido proibir.

  • Gabriel Nagib
    2012-08-26T12:18:28  

    triste sina de um país governado pelo obscurantismo religioso... espero que o povo de lá se revolte um dia contra isso, mas a religião é um poder terrível, que consegue engessar os homens por muito tempo.

    recentes

    populares

    • Gabriel Nagib
      2012-08-26T12:18:28  

      Não distorça, isso não tem haver com religião e sim com ditadura. Eles apenas usam a religião como apoio para resoluções anti-democráticas, na coreia do norte ou cuba por exemplo, os líderes não se preocupam em usar de expedientes religiosos para embasar decisões do regime. Não é religião, como não foi na Alemanha nazista, ou em vários outros pontos na evolução da humanidade, religião não é o meio de oprimir, é a só a desculpa de países governados por pessoas com pouco apreço humano e interessados em isolar a população para se perpetuar no poder.