Internet

15/08/2012 16h24 - Atualizado em 31/08/2016 16h00

Kim Dotcom, o rei da pirataria, lançará sua própria loja de músicas: MegaBox

Thiago Barros
por
Para o TechTudo

O fundador do MegaUpload, considerado um dos reis da pirataria online, Kim Dotcom, anunciou por meio do Twitter que irá lançar o seu próprio serviço de compartilhamento de músicas na web, o Megabox. A página terá algumas funcionalidades diferenciadas, como a venda de músicas diretamente pelos artistas para os usuários, permitindo que os cantores recebam até 90% dos valores pagos pelos internautas. E sai ainda neste ano.

Megabox deve sair ainda em 2012 (Foto: Reprodução)Megabox deve sair ainda em 2012 (Foto: Reprodução)

O serviço terá ainda uma função chamada “Megakey”, que permitirá que os cantores ganhem dinheiro mesmo quando as pessoas realizarem downloads de canções gratuitamente. Segundo Dotcom, o seu modelo de negócios vai ser muito bem sucedido. O criador do serviço garante que mais de um milhão de pessoas já testaram o projeto, apesar de ele ainda estar em fase de testes.


Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

“É preciso entender que algumas marcas são administradas por dinossauros arrogantes e ultrapassados, que estão no mercado há mil anos. Estes homens acham que o iPad é como um tratamento facial, que a Internet é um diabo e que telefones com fio ainda estão na moda. Eles estão negando as novas realidades e oportunidades, não entendem que os dias de exploração acabaram”, explicou Dotcom em entrevista ao TorrentFreak.

O primeiro anúncio do MegaBox foi feito em junho, com uma frase: “As grandes gravadoras pensaram que o Megabox estava morto. Artistas, animem-se. Ele está chegando e vai libertar vocês”. Mas desde então não ouviu-se falar mais do serviço. Pelo menos, até agora, que Dotcom resolveu garantir que ele chega ainda em 2012.

“Sim, o Megabox será lançado este ano. Eu sei que vocês estão esperando por isso. Está chegando. Maior, melhor, mais rápido, 100% seguro e impossível de ser parado”, disse o fundador do MegaUpload em publicações no Twitter.

Via BGR

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares