Sistemas Operacionais

10/08/2012 11h47 - Atualizado em 10/08/2012 11h47

Samsung nega interesse na compra da 'problemática' RIM

Rafael Jandre
por
Para o TechTudo

A Samsung parece estar decidida a dar fim aos recentes rumores sobre a compra da RIM. Em comunicado enviado à Reuters, a diretoria executiva da companhia foi taxativa ao negar a transação, alegando que a companhia canadense é uma "pfabricante de smartphones roblemática". O comentário veio após um analista de Wall Street especular, nesta semana, que a RIM seria um alvo atraente para a Samsung.

"A Samsung Electronics não considerou a aquisição da Research in Motion ou licenciamento BB10" (Foto: Reprodução)Samsung nega interesse em comprar a RIM (Foto:
Reprodução)

Com os boatos sobre sua aquisição, as ações da fabricante do BlackBerry subiram 4,4% nos últimos dias. A valorização chegou a atingir um pico de 13%, o maior ganho diário desde 21 de dezembro de 2011. Atualmente, as duas companhias enfrentam situações bem distintas no mercado e as especulações da negociação atraíram os investidores.

A RIM está sofrendo quedas nas vendas e vendo encolher sua fatia de participação no mercado. Sua quota no comércio mundial de smartphones caiu para 4,8% no segundo trimestre deste ano. Em 2011, a fabricante detinha um índice de 12%.

Já a Samsung continua no topo: é líder mundial em fabricação e vendas de smartphones. A coreana também domina o mercado Android, onde é a maior fornecedora do planeta. Entretanto, a companhia vem dobrando seus esforços para ter seu próprio sistema operacional e diminuir sua dependência da Google. Por este motivo, surgiram as especulações sobre a aquisição da RIM.

Protótipo rodando versão de teste do BlackBerry 10 (Foto: Reprodução)Protótipo rodando versão de teste do BlackBerry 10 (Foto: Reprodução)

Enquanto isso, a RIM continua tentando afastar os rumores de que está em uma espiral de morte e trabalha febrilmente para conseguir colocar o novo sistema BlackBerry 10 nas lojas. Porém, enquanto o lançamento não ocorre, sua posição no mercado enfraquece a cada dia. O CEO da empresa, Thorsten Heins, disse acreditar que a base de clientes da companhia ainda é grande, em torno de 80 milhões de usuários, e que isto ajudará a empresa a manter-se até que novo sistema, o BlackBerry 10, nasça e cresça forte o suficiente para sustentá-la.

E você, acredita que a RIM vai conseguir se reerguer com o BlackBerry 10? O que esperar do novo sistema? Participe do nosso fórum!

Via Cnet

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares