Internet

27/09/2012 19h25 - Atualizado em 27/09/2012 19h27

Diretor-geral do Google Brasil fala sobre o caso do vídeo no YouTube

Thiago Barros
por
Para o TechTudo

O diretor-geral do Google no Brasil, Fabio Coelho, emitiu uma nota oficial no blog da companhia, nesta quinta-feira (27), para esclarecer a questão das remoções (ou não) de vídeos relacionados à política do YouTube no país. O executivo bateu na tecla da “liberdade de expressão” para defender-se de um caso que se tornou destaque em todo o país nos últimos dias.

Diretor do Google no Brasil comentou polêmica no YouTube (Foto: Reprodução)Diretor-geral do Google no Brasil comentou polêmica
no YouTube (Foto: Reprodução)

A discussão se dá por conta de uma polêmica agravada na última quarta-feira (26), quando policiais federais detiveram o executivo após a empresa negar o cumprimento de decisões judiciais que determinavam a retirada de vídeos do YouTube que acusam o candidato à prefeitura de Campo Grande, Alcides Bernal, de praticar diversos crimes.

Segundo o executivo do Google no Brasil, durante o período eleitoral é normal que a empresa receba diversas ordens judiciais para remoção de vídeos que criticam candidatos concorrendo a cargos eletivos. Na última semana, a companhia recorreu de uma ordem judicial para remover os vídeos relacionados ao candidato em questão do YouTube. Porém, o recurso foi negado e eles terão, sim, que ser apagados do site.

“Estamos profundamente desapontados por não termos tido a oportunidade de debater plenamente na Justiça Eleitoral nossos argumentos de que tais vídeos eram manifestações legítimas da liberdade de expressão e deveriam continuar disponíveis no Brasil. Apesar disso, continuaremos nossa campanha global pela liberdade de expressão – não apenas porque essa é uma premissa das sociedades livres, mas também porque mais informação geralmente significa mais escolhas, mais poder, melhores oportunidades econômicas e mais liberdade para as pessoas”, informou Fabio.

Coelho citou ainda o Artigo 19 da Declaração Universal dos Direitos Humanos da ONU, que prevê que “todo ser humano tem direito à liberdade de opinião e expressão” e frisou que o Google tem, sim, políticas muitos fortes de remoção de vídeos do YouTube, mas destacou que este caso não se encaixava nestas recomendações. Após emitir a opinião sobre toda esta polêmica, o executivo confirma que os vídeos foram removidos do YouTube, mas não pelo Google e sim pelo próprio usuário que os publicou.

Segundo ele, “um exemplo dos efeitos intimidatórios do episódio para a liberdade de expressão”. Veja a íntegra do comunicado em português no blog da companhia.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Emerson Santos
    2012-09-28T18:58:13

    Por isso , nós os poucos pensantes , temos de ver o gado votar nos tiriricas, malufs e sarney ;.. simplesmnte nao temos numeros para mudar nada

  • Emerson Santos
    2012-09-28T18:56:12

    Agora vcs qurem que gado .. pense ???

  • Emerson Santos
    2012-09-28T18:56:01

    Amigos, somente 5 a 10% da populacao do brasil esta aqui emitindo sua opiniao .. o resto é gado ...

  • Alexandre
    2012-09-28T10:28:51

    Apesar do que é dito, não temos liberdade de expressão no Brasil, e não é somente porque existe repressão, mas sim porque isso não esta na nossa constitução, eu acho que aqui deveriamos ter a mesma liberdade que os americanos tem nos Estados Unidos, lá a liberdade de expressão é sagrada. Tanto é que a justiça não pode pedir ao Google que retire aquele video que vem gerando tanto polemica sobre os Islã. Se fosse aqui no Brasil, já teria sido retirado e quem fez preso, não porque ele enganou os atores ou usou um outro nome, mas sim porque ofendeu alguém.

  • Marcio Viana
    2012-09-28T09:32:05

    Não por causa deste episódio , mas também por outros motivos, afirmo que ainda NÃO vivemos em um país democrático. Um povo que não conhece plenamente seus direitos e pra que isto se perpetue a educação não é levada a sério , não pode ser chamado de democrático. Sou a favor da liberdade de expressão e também de que quem a exerce, assuma as responsabilidades e consequências desta liberdade.

  • Everton Celistre
    2012-09-28T07:44:21

    LIBERDADE DE EXPRESSÃO! LIBERDADE DE EXPRESSÃO! LIBERDADE DE EXPRESSÃO! LIBERDADE DE EXPRESSÃO! GOVERNO RIDICULO, AINDA TENHO ESPERANÇA EM UM DIA QUE ISSO IRA MUDAR.

  • Flavio C
    2012-09-27T21:49:29  

    Vivemos em um País que se diz " Democrático " más que de Democrático não tem nada, se Você fala a verdade e essa afeta alguém Você é preso ou processado, a um absurdo ainda maior é Nós sermos ' OBRIGADO A VOTAR PARA EXERCEMOS NOSSO DIREITO DE CIDADÃO " obrigam nos a sairmos de nossas Casas para cometer um ato que no meu ponto de vista é inútil pois em qualquer um que Você vote com certeza se corromperá cedo ou mais tarde, por isso que quando vou votar anulo para depois minha consciência não doer, como dizia o Cantor, Compositor e Poeta da MPB Renato Russo " Que País é Esse ".

    recentes

    populares

    • Flavio C
      2012-09-27T21:49:29  

      Nobre colega Flavio C. Concordo com tudo que você falor, porém gostaria de acrescentar uma coisinha. "se Você fala a verdade e essa afeta alguém...PODEROSO... Pois é isso que somos... Oprimidos pelos poderoso.