Tablet

11/09/2012 08h55 - Atualizado em 29/04/2014 12h03

Falecidos ganham homenagens com QR Codes nas lápides

Thiago Barros
por
Para o TechTudo

O diretor de funeral britânico Stephen Nimmo lançou uma tecnologia inovadora e muito curiosa nos enterros que promove no Reino Unido: ele passou a implantar QR Codes nas lápides dos falecidos. A ideia do inventor é permitir que os entes e amigos de quem faleceu façam homenagens e tenham acesso às informações principais das vidas destas pessoas em formas de pequenas biografias online.

Lápide com QR Code é uma invenção tecnológica inusitada (Foto: Reprodução) (Foto: Lápide com QR Code é uma invenção tecnológica inusitada (Foto: Reprodução))Lápide com QR Code é uma invenção tecnológica
inusitada (Foto: Reprodução)

A página dedicada à pessoa que foi enterrada pode ter fotos, perfil, vídeos e até tributos feitos por contatos próximos. Quem adquire o serviço ganha uma senha e um login para atualizar o website e fazer as modificações necessárias sempre que necessário. Stephen Nimmo acredita que este é um passo importante para eternizar memórias dos mortos.

“As pessoas podem fazer sites simples ou até mais complexos, adicionando as informações que quiserem, como galerias de fotos e vídeos do falecido. Sou tradicional, mas o uso desta tecnologia é bom para lembrar as pessoas dos bons momentos ao lado de quem já se foi”, afirmou Nimmo.

O diretor fúnebre lembra ainda que há pessoas que visitam cemitérios e também gostariam de ter mais informações sobre os falecidos. “Muita gente passeia nos cemitérios e olha para os túmulos, querendo saber quem estas pessoas foram. Utilizando os códigos de reconhecimento rápido, estas pessoas poderão descobrir”, completou.

Uma das primeiras pessoas a utilizarem a tecnologia foi Gill Tuttiett, que pagou para instalar um código QR no túmulo do seu marido falecido, Timothy Tuttiett. Ele faleceu aos 55 anos, por conta de uma parada cardíaca, mas sempre foi um fã de tecnologia. Então ela resolveu prestar esta homenagem. No caso dele, quem visitar sua lápide poderá escanear o código e ter acesso a dados da família e da carreira do ex-operador de aeroportos. “Acho que é um caminho para frente e acredito que o Tim gostaria”, disse a viúva.

Mas a tecnologia para isso não custa pouco. Os britânicos que desejarem aplicar QR Codes aos túmulos de seus familiares falecidos terão que desembolsar 300 libras (cerca de R$ 900) pela aplicação do código, e mais 95 libras (aproximadamente R$ 285) pela hospedagem do website.

Via Daily Mail

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Quero Comentar
    2012-09-12T11:03:16

    nossa veio, tem mais nda pra inventar nao?!