11/09/2012 12h31 - Atualizado em 11/09/2012 12h32

Fotos minimalistas desafiam a gravidade e confundem espectador

 Alessandro Iglesias
por
Para o TechTudo

O fotógrafo sueco Carl Kleiner, conhecido por alguns de seus trabalhos para a marca de móveis Ikea, expôs sua faceta artística em um ensaio que promete causar certa confusão mental. A estética, chamada no site do artista de Avios, "desafia" a gravidade ao fixar itens em cordas ou até mesmo posicioná-los ao contrário em uma sala azul, para posteriormente fazer o registro fotográfico.

Carl KleinerCarl Kleiner em ensaio antigravitacional (Foto: Carl Kleiner)

A sensação inicial ao observar as fotos é de certa perda de ponto de referência, já que, apesar de utensílios como talheres, pratos, e até mesmo buquês de flores e alimentos estarem supostamente em seu posicionamento usual, eles se encontram na verdade presos ao teto do local.

Em algumas fotos, as cordas utilizadas por Carl Kleiner estão bastante visíveis, inclusive alguns ganchos que as prendem ao teto. No entanto, em imagens nas quais as linhas que seguram os objetos não aparecem de maneira tão explícita, as sensações de imersão e confusão mental são impressionantes.

Se você gostou da premissa deste ensaio e do senso estético criativo e pouco usual de Carl Kleiner, há ensaios com temáticas variadas em seu site. Na seção Work, Kleiner brinca com formas geométricas e objetos de nosso cotidiano, sempre tentando causar sensações diferentes das tradicionalmente vistas em sets de fotografia.

Carl Kleiner 1Objetos pendurados e dispostos ao contrário sobre o chão (Foto: Carl Kleiner)
Itens parecem desafiar a gravidade (Foto: Carl Kleiner)Itens desafiam a gravidade (Foto: Carl Kleiner)
Objetos parecem "voar" nas fotografias (Foto: Carl Kleiner)Objetos parecem "voar" nas fotografias (Foto: Carl Kleiner)
Móveis de bebê presos a fios (Foto: Carl Kleiner)E que tal um quarto de bebê inteiro preso a fios? (Foto: Carl Kleiner)

Via PetaPixel

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares