09/10/2012 18h32 - Atualizado em 09/10/2012 18h32

Câmera Lytro é lançada oficialmente com novas cores e funções extras

Isadora Díaz
por
Da redação

A tão esperada câmera Lytro finalmente chegou ao mercado - e acompanhada de algumas surpresas bem interessantes. As pequenas máquinas, famosas pela possibilidade de ajustar o foco da foto após o clique, chegam com cinco opções de cor e novas funções de controle manual, que incluem velocidade de disparo e seleção de ISO.

Câmera Lytro (Foto: Divulgação)Câmera Lytro chega com duas novas opções de cor (Foto: Divulgação)

Além das cores anunciadas inicialmente (vermelho, azul e grafite), a Lytro estará disponível em rosa e azul, modelos chamados de Moxie Pink e Seaglass, respectivamente. A capacidade de armazenamento interno não é muito impressionante. Permanecem os 8 GB em todos os modelos, à exceção do vermelho no qual é possível optar por 16 GB. Trata-se de um ponto negativo, especialmente se levarmos em conta que não é possível expandir este espaço com cartões externos.

A adição de controles manuais deve agradar os usuários mais exigentes. Mesmo com a inovação do foco pós-clique, houve quem achasse a câmera limitada, especialmente pelo preço sugerido de US$ 399 (cerca de R$ 800 em conversão direta), valor acima do cobrado por boas compactas. Agora é possível controlar a velocidade de disparo, escolher o ISO entre 80 e 3.200 e ajustar a quantidade de luz que deve ser capturada em cada foto. 

Opções de controle manual da Lytro (Foto: Divulgação)Opções de controle manual da Lytro (Foto: Divulgação)

Por enquanto, as câmeras podem apenas ser compradas pelo site ou em revendedoras autorizadas, e não há nenhuma brasileira listada no site oficial. O modelo de 8 GB custa US$ 399, suficiente para armazenas 350 fotos, e o de 16 GB custa US$ 499, capaz de salvar até 750 imagens.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Diego Sampaio
    2012-10-15T11:08:37

    Acho muito caro. Imagina aqui no brasil? Uns 1500 reais,