08/11/2012 12h02 - Atualizado em 08/11/2012 12h02

Cientistas criam laser com o tamanho da partícula de um vírus

Filipe Garrett
por
Para o TechTudo

Cientistas da Northwestern University, em Chicago, criaram um raio laser que tem o tamanho de um vírus. O feixe de luz funciona em temperatura ambiente e ganhou o nome de nanolaser. Embora lasers dessas dimensões já tenham sido demonstrados no passado, o experimento dos cientistas norte-americanos usa ouro, com um arranjo especial, no lugar de espelhos.

Nanolaser pode desempenhar papel importante em novos circuitos óticos (Foto: Reprodução)Nanolaser pode desempenhar papel importante em novos circuitos óticos (Foto: Reprodução)

Em um laser comum, espelhos são usados para dirigir os raios, focando-os numa direção e garantindo que eles excitem elétrons (basicamente, elétrons são excitados a estados de energia maiores, e quando acalmam, liberam fótons, criando o fenômeno que eu e você reconhecemos como luz). No nanolaser sem espelhos, o ouro ordenado em escala de partículas é responsável por ordenar o feixe de luz.

Lasers são emissões de luz que excitam elétrons a estados de energia maiores. A grande diferença do laser para a luz do Sol, que também é uma fonte de luz, por exemplo, é que o primeiro funciona de forma bem ordenada, produzindo um raio de luz bastante focado e de uma cor só (ou de mesmo comprimento de onda).

As aplicações de um laser de dimensões tão pequenas e que não gere aquecimento são interessantes para diversos ramos da tecnologia. O nanolaser poderia ser adaptado para servir de elemento de conexão dentro de um chip e circuito ótico, com grande potencial de abrir espaço para uma nova geração de dispositivos eletrônicos ultra rápidos. Sensores fotônicos e nanosensores biológicos são outros aparelhos que se beneficiam do desenvolvimento da miniaturização dos raios laser.

Tem alguma dúvida de tecnologia? Entre no Fórum do TechTudo!

Via Nortwestern University

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares