Jogos de ação

22/01/2013 18h00 - Atualizado em 22/01/2013 18h00

'Fãs irão aprovar as mudanças', diz produtor de Metal Gear em entrevista

Thiago Dias
por
Para o TechTudo

Depois de quatro anos de espera, Metal Gear Rising: Revengeance finalmente está perto de ser lançado. Programado para o dia 19 de fevereiro nos EUA, a Konami ainda não confirmou a data exata do lançamento no Brasil, mas garantiu que ele ocorrerá até o fim de fevereiro. Além, disto, a empresa também revelou que o jogo chegará às lojas nacionais custando R$199,00, para PS3 e Xbox 360 e com legendas, menus e display em português.

Metal Gear Rising: Revengeance (Foto: Divulgação) (Foto: Metal Gear Rising: Revengeance (Foto: Divulgação))Metal Gear Rising: Revengeance (Foto: Divulgação) (Foto: Metal Gear Rising: Revengeance (Foto: Divulgação))

Em uma sessão realizada para a imprensa, o TechTudo pôde conferir o que esperar de Metal Gear Rising, um game que vêm dividindo opiniões desde que foi anunciado. Estrelado por Raiden, o polêmico protagonista de Metal Gear Solid 2 e que foi totalmente redesenhado em Metal Gear Gear Solid 4, a série pela primeira vez foge do estilo de espionagem e aposta em um hack n’ slash que lembra franquias como Devil May Cry e Bayonetta.

Temos certeza que os fãs irão reconhecer a série Metal Gear neste jogo".
Yuji Korekado

A grande preocupação dos fãs da série era a forma como Revegeance poderia descaracterizar a série, transformando-a em algo diferente daquilo que os fãs estão acostumados há mais de 25 anos. Segundo Yuji Korekado, da Kojima Productions, este é um medo que irá desaparecer assim que os jogadores colocarem as mãos no game. “Temos certeza que os fãs irão reconhecer a série Metal Gear neste jogo, mas eles também entenderão que está é um novo produto, com uma nova abordagem, feito por uma nova e criativa equipe.”

O produtor também falou sobre a participação do próprio Hideo Kojima, criador da série, na produção de Metal Gear Rising. “O Kojima foi um grande observador em todo o processo de produção, mesmo quando ele ainda estava exclusivamente nas mãos da Kojima Productions. Este papel não se alterou quando passamos a colaborar com a Platinum Games.” E pode-se dizer que o “toque” de Kojima está presente no produto final, de forma bem mais sútil, contudo os fãs irão perceber os momentos em que o produtor-executivo resolveu opinar.

MGR_E32012_08 (Foto: MGR_E32012_08)Raiden em ação em Metal Gear Rising: Revengance (Foto: Divulgação)

Embora tenha uma conexão direta com os demais games da série, sendo uma continuação de Metal Gear Solid 4 e contando o que aconteceu com Raiden após ele ir morar com a sua família, não é um exagero dizer que Metal Gear Rising pode ser tornar uma franquia própria, já que traz elementos inéditos, como o sistema de cortes e um estilo próprio. “Nosso maior desejo é que o público, não apenas os fãs de Metal Gear, gostem do jogo. E se isso acontecer, poderemos ter uma continuação, e neste caso, a parceira continuará sendo a Platinum Games” afirmou Korekado, sem hesitação.

Sinceramente, para nós, comparar Metal Gear Rising à Devil May Cry é um elogio."
Yuji Korekado

Apostando na velocidade, combos, e batalhas com chefes, não foram poucos que compararam o novo game à Devil May Cry e Bayonetta, e o produtor não fugiu da comparação, lembrando que a experiência da Platinum na produção de jogos velozes como Vanquish, foi de grande importância. “Sinceramente, para nós, comparar Metal Gear Rising à Devil May Cry é um elogio, pois é uma série com muitos fãs. Mas tenho certeza que este jogo serão tão bom quanto.”

Para os fãs da série que estarão mais interessados na história e sem muita prática com jogos de ação, foi confirmado um modo onde o principal foco serão as cutscenes, durando bem menos que as nove horas de jogo estimadas.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Humberto Câmara
    2013-11-15T11:13:30

    Cara, nunca joguei nem um jogo da série de MGS, mais esse novo estilo e a jogabilidade estão perfeitos. Gosto muito desses estilos de jogos e ainda tem muita adrenalina. Para os fãs que não apoiam esse novo estilo, eles não sbem o que estão perdendo. To muito ansioso pra jogar esse game. Flw galera.

  • Alonso Silva
    2013-02-28T11:19:55

    o jogo e show , a dificuldade excessiva nos chefes e posicionamento de camera nas lutas com eles as vezes atrapalha. mas no fim vale a pena.

  • Alan Salomão
    2013-01-23T11:29:43

    E nem sei porque os fãs de MGS estão contra o game, afinal de contas é uma série diferente, com protagonista diferente, naturalmente deveria ter uma gameplay diferente. Pelo que testei na BGS, eu curti muito, é um hack'n slash bastante técnico. Quem não vai gostar mesmo são aqueles que preferem hack'n slashers mais "noob-friendly" AKA God of War

  • Dko Ac
    2013-01-22T22:50:06

    esse jogo e só um esquenta para o próximo Metal Gear que com certeza vai acalmar os ânimos dos mais "puristas" da serie q a 25 anos vem trazendo uma qualidade incrível ao mundo dos games não acredito q o Hideo Kojima lançaria um jogo q não fosse no mínimo interessante.

  • Lineker Moraes
    2013-01-22T20:51:15

    Irão? Já aprovaram, só alguns fãs da série Solid estão contra, mas contra a mudança de estilo, todos concordam que o gameplay é incrível.