11/01/2013 09h25 - Atualizado em 02/07/2014 12h18

Monitor de ondas cerebrais oferece controle mental sem eletrodos

Léo Torres
por
Da CES 2013
Aparelho mede ondas cerebrais (Foto: Léo Torres)Aparelho mede ondas cerebrais (Foto: Léo Torres)

Se você é uma dessas pessoas que acredita em teorias da conspiração, prepare-se para conhecer um invento que vai te deixar em pânico. Durante o Eureka Park, área da CES 2013 (Consumer Electronics Show) dedicada à inovação, uma criação da Freer Logic chamava atenção. Sem necessidade de acoplar eletrodos à cabeça, o BodyWave é capaz de monitorar facilmente as ondas cerebrais de qualquer um.

O produto final será em forma de relógio de pulso mas, para esta apresentação, um protótipo um pouco maior ficava preso ao antebraço do usuário. O software utilizado conta com diversas funcionalidades, entre elas um treinamento de atenção. Testamos esse treinamento, no qual um golfinho nada calmamente por uma cena marítima. Focando nossa atenção no animal, podemos fazer com que ele vá cada vez mais para o fundo do oceano. À medida em que nos distraímos, o bicho começa a boiar até bater no topo da tela. Ao contrário do que se pensa, não é preciso ficar pensando “Desce! Desce!”, basta a concentração na imagem na tela para obter o resultado.

Jogo treina a concentração mental do usuário (Foto: Léo Torres)Jogo treina a concentração mental do usuário (Foto: Léo Torres)

Os engenheiros da Freer querem, com a versão final do aparelho, oferecer controle mental para vários tipos de aplicativos. Funcionalidades como controlar as luzes de casa ou treinar atletas também estão nos planos da empresa. Por enquanto o foco é em treinamentos como o que pudemos utilizar no evento. Para produzir a versão final, em forma de relógio de pulso, a empresa tem um projeto de crowdfunding no site Indiegogo onde é possível fazer a pré-compra do aparelho por US$145 (aproximadamente R$300).


 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Bruno Romualdo
    2013-01-14T00:31:14

    Incrivel !!!