Jogos de ação

18/02/2013 18h19 - Atualizado em 18/02/2013 18h20

Destiny, novo jogo dos criadores de Halo, terá foco em mundo online

Felipe Vinha
por
Para o TechTudo

Destiny será o novo jogo da Bungie, criadora da série Halo. Finalmente revelado, o novo game promete ser ambicioso e vai ser lançado em parceria com a Activison, empresa de Call of Duty. Antes de tudo, é preciso saber que o game terá como principal pretensão ser grandioso e abrangente, voltado para todos os jogadores e com um universo online muito amplo.

Destiny promete jogo online com mundo consistente (Foto: Reprodução/IGN)Destiny promete jogo online com mundo consistente (Foto: Reprodução/IGN)

De acordo com o site norte-americano IGN, Destiny é muito maior do que Halo já foi e que, com isso, a Bungie esperar elevar novamente o padrão dos jogos de tiro, da mesma forma que fez, anos atrás. Segundo Eric Hirshberg, diretor de publicação da Activision, o jogo não terá mensalidade, apesar de ser online. O executivo, porém, não explicou se ele vai ser totalmente gratuito.

“Destiny é nosso novo jogo de tiro em um mundo totalmente novo”, disse Jason Jones, da Bungie, ao IGN. “Fizemos este game desde o princípio pensando em torná-lo social e cooperativo. Ele não chega a ser um RPG online ou massivo, mas tem uma espécie de mundo compartilhado”, complementou o produtor.

Ainda segundo Jones, Destiny foi construído com base em “sete pilares fundamentais”, que buscam definir o jogo de acordo com os objetivos da Bungie.

Esfera salvou a humanidade em Destiny (Foto: Reprodução/IGN)Esfera salvou a humanidade em Destiny (Foto: Reprodução/IGN)

O primeiro pilar é definido como “Um mundo onde os jogadores querem estar”. Segundo a empresa, a história de Destiny se passa em uma versão da Terra pós-apocalíptica, onde a humanidade foi quase destruída, mas foi salva por uma força alienígena chamada de “The Traveler”.

O Traveler é definido como uma gigantesca esfera branca que fica no céu, e que mais tarde se torna um lugar onde as mentes mais brilhantes do mundo se reúnem para definir os rumos da humanidade. Com o tempo, os seres humanos dominaram novamente o planeta com a ajuda dessa tecnologia e expandiram seus territórios, chegando a Marte, Vênus e mais.

A Bungie informa ainda que a história de Destiny vai se desenvolver ao longo de 10 anos, seja em novos jogos, livros que acompanharão os games ou outros tipos de produtos que a empresa pretende lançar de tempos em tempos.

Alguns inimigos de Destiny (Foto: Reprodução/IGN)Alguns inimigos de Destiny (Foto: Reprodução/IGN)

O segundo pilar é definido como “Um monte de coisas para se fazer”, e este é um ponto importante que a produtora quer deixar claro. Cada jogador vai ter suas tarefas, de acordo com diversas classes, e assim dificilmente vai ficar sem elementos para interagir e coisas a se fazer.

Os cenários terão muitos elementos interativos, enquanto cada personagem poderá ter uma missão inédita. A Bungie quer que o jogador se mantenha ocupado ao longo de sua aventura e está trabalhando duro neste sentido.

Já o terceiro pilar é chamado de “Recompensas que o jogador se importa”. O produtor da Bungie explicou ao IGN que a ideia deste pilar é fazer com que o jogador realmente ligue para as coisas que ganha ao longo do game. O estúdio não quer que itens, habilidades ou outros elementos sejam “apenas mais um”, e sim que cada um seja único.

Personagens terão muito a se fazer em Destiny (Foto: Reprodução/IGN)Personagens terão muito a se fazer em Destiny (Foto: Reprodução/IGN)

O quarto pilar de Destiny é definido como “Uma nova experiência por dia”. Assim, a Bungie espera poder criar uma série de experiências diferenciadas, missões específicas, tarefas que variam de acordo com a hora ou o dia, e por aí vai.

A cada momento que o jogador for aproveitar o game, ele poderá experimentar diferenças em relação ao dia anterior. Isso vai surpreender os participantes e ainda deixar Destiny sempre atualizado, sem torná-lo cansativo e irrelevante.

O quinto pilar chama-se “Compartilhar com outras pessoas”, e significa exatamente o que diz. A Bungie quer passar a ideia de que “tudo fica mais divertido quando você joga com outras pessoas e compartilha suas experiências”. Isso vai se traduzir em modos multiplayer competitivos, cooperativos e também com funcionalidades sociais que devem ser inseridas na aventura.

Destiny conta com funções sociais e modos multiplayer (Foto: Reprodução/IGN)Destiny conta com funções sociais e modos multiplayer (Foto: Reprodução/IGN)

Os dois últimos pilares do game se completam e se chamam, respectivamente, “Divertido para todos os tipos de habilidades” e “Divertidos para distraídos e impacientes”. A produtora espera criar, com Destiny, um jogo que é voltado para todo o tipo de público. É quase impossível agradar a todos, mas ela pretende chegar muito perto disso, criando um game equilibrado a tal ponto que um expert pode ser divertir tanto quanto um novato.

Os participantes mais “profissionais”, por exemplo, vão poder aproveitar o jogo mesmo fora dele, com um aplicativo para celulares que vai te deixar seguir algumas informações. Por outro lado, quem quiser apenas conectar no game para trocar alguns tiros virtuais online, vai poder fazer isso sem qualquer problema, sem compromisso.

Destiny deve ser lançado até o final do ano, com ênfase em todos os pontos detalhados nesta revelação inicial. O jogo vai sair para PlayStation 3 e Xbox 360, mas suas continuações, segundo a Bungie, já estão garantidas para a próxima geração de consoles.

Via IGN

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares