Produtividade

08/02/2013 16h25 - Atualizado em 08/02/2013 17h03

LibreOffice 4.0 é lançado poucos dias após anúncio da versão 3.6.5

Giordano Tronco
por
Para o TechTudo

A The Document Foundation disponibilizou na última quinta-feira (7) a versão 4.0 do LibreOffice, a suíte livre e de código aberto conhecida como substituta gratuita para o pacote Office da Microsoft. O lançamento ocorreu poucos dias depois do anúncio da variante 3.6.5 do sistema, feito no dia 30 de janeiro.

Apesar de contar com mudanças modestas em comparação à edição prévia, a versão 4.0 foi divulgada pela companhia como o primeiro lançamento que reflete os objetivos determinados pela comunidade à época de seu surgimento, em setembro de 2010. O pacote teria agora uma base de códigos mais limpa e enxuta, um conjunto de características aperfeiçoado, melhor interoperabilidade e um ecossistema mais variado e inclusivo.

LibreOffice versão 4.0 chega para usuários de Windows, Linux e Mac. Foto: Reprodução / The Document FoundationLibreOffice versão 4.0 chega para usuários de Windows, Linux e Mac. Foto: Reprodução / The Document Foundation

 Na prática, o LibreOffice 4.0 se diferencia de sua variante anterior ao proporcionar um melhor suporte aos formatos DOCX (para texto), XLSX (planilhas) e todas as versões de arquivos do Microsoft Visio. Apesar dos avanços, a suíte permanece mais limitada que o Microsoft Office, sendo melhor utilizado em ambiente doméstico que corporativo.

A The Document Foundation, responsável por capitanear o desenvolvimento do pacote, é uma corporação independente, criada em 2010 por ex-membros da Sun Microsystem. A empresa era idealizadora do Open Office e foi comprada pela Oracle naquele ano. A fundação conta com a ajuda voluntária de milhares de programadores ao redor do mundo, inclusive brasileiros.  A versão em português do LibreOffice 4.0 pode ser baixada no TechTudo Downloads.

Via TechCrunch

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares