Internet

19/02/2013 12h00 - Atualizado em 19/02/2013 12h00

Outlook.com sai do beta com 60 milhões de usuários para substituir o Hotmail

Gisele Goes
por
Para o TechTudo

Seis meses após seu lançamento, a versão beta do Outlook sairá do modo de visualização. A atualizacão do serviço de e-mail da Microsoft registrou 60 milhões de usuários ativos. A empresa agora está empenhada em migrar os usuários do Hotmail para o Outlook.com.

Com 60 milhões de usuário, Outlook sai do beta e planeja substituir o Hotmail. (Foto: Reprodução)Com 60 milhões de usuário, Outlook sai do beta e planeja substituir o Hotmail. (Foto: Reprodução)

De acordo com a companhia, o longo período de pré-visualização foi fundamental para a realização de melhorias no serviço de e-mail. “Através da visualização, nós ouvimos e aprendemos muito sobre os recursos favoritos e de que maneira o Outlook.com está cumprindo a visão de um e-mail moderno.”, afirma David Law, Diretor de Produto do Outlook.com. Com o produto pronto para “enfrentar o mundo”, a empresa agora tem como objetivo atingir 1 bilhão de usuários.

A migração deverá ser contínua. Não haverá interrupção no serviço e os usuários poderão optar por continuar com o @hotmail.com. Todos os contatos existentes, pastas e configurações serão transferidos para a nova e simples interface do Outlook.com.

As principais características do Outlook.com incluem uma lista de contatos e imagens dos amigos das redes sociais e a possibilidade de interagir com esses usuários por meio destas redes. Além disso, ele conta com uma ferramenta de racionalização da caixa de entrada que permite que os usuários movam ou apaguem blocos de e-mails em uma varredura. Também existe uma integracão do Skype, redes sociais e SkyDrive para o envio de anexos (muito similar ao Gmail e o Google Drive).

Via Blog do Outlook

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares