Jogos de corrida

19/03/2013 06h00 - Atualizado em 08/08/2013 15h42

Grid 2: teste mostra que o game terá uma jogabilidade prazerosa e belos gráficos

Flavio Barboni
por
Para o TechTudo

Grid 2 traz a mesma jogabilidade simples e sofisticada que fez de seu antecessor um sucesso de público e crítica em 2010. Nós testamos o jogo a convite da Warner Games, distribuidora da série no Brasil, e trazemos aqui nossas primeiras impressões. Confira:

Grid 2 (Foto: Divulgação)Grid 2 (Foto: Divulgação)

O título é o primeiro a utilizar o motor gráfico EGO 3.0, desenvolvido pela Codemasters, produtora do jogo. Além disso, Grid 2 chega ao Brasil dublado em português e carregado de novidades.

Pistas

Circuito da Áustria com carros fórmula (Imagem: Divulgação)Circuito da Áustria com carros fórmula (Imagem: Divulgação)

Na versão testada para PC no escritório da distribuidora, em São Paulo, estavam disponíveis apenas três traçados: um circuito fechado (Red Bull Racing Ring, na Áustria) e duas pistas de rua (Barcelona e Chicago). Segundo o coordenador de marketing da Warner, Alexandre Knebel, o estágio de desenvolvimento dessa versão representa apenas 30% do jogo final.

Jogabilidade

Controle dos carros mescla simulação e arcade (Imagem: Reprodução/TopGear)Controle dos carros mescla simulação e arcade (Imagem: Reprodução/TopGear)

No circuito da Áustria, a condução de um potente Fórmula feita num volante com force feedback (vibração) foi prazerosa, apesar da dificuldade de adaptação inicial. Nas pistas de rua, com carros de passeio, as boas e velhas setas do teclado foram bem mais eficazes. Em ambas as opções de controle a frenagem é bastante eficaz e não faz o carro girar, como é comum em simuladores.

Gráficos

Pista de Chicago traçada por Chevrolet Camaro (Imagem: Divulgação)Pista de Chicago traçada por Chevrolet Camaro (Imagem: Divulgação)

A demo de Grid 2 já tem um visual empolgante, principalmente na fase de Chicago, realizada a noite, com plateia formada por modelos poligonais em 3D, muitas luzes, fogos de artifício estourando a cada curva e um excesso de informações que só um PC potente pode oferecer. Aos donos de PlayStation 3 e Xbox 360 – infelizmente já defasados – só resta torcer por gráficos à altura.

Carros

BMW M3 dos anos 90 vai agradar aos saudosistas (Imagem: Divulgação)BMW M3 dos anos 90 vai agradar aos saudosistas (Imagem: Divulgação)

Os três veículos jogáveis na versão testada foram minuciosamente detalhados em Grid 2. O já citado Fórmula lembra os monopostos de competições europeias, com a carenagem mais “cheia” que as de um F1 ou IndyCar. O BMW M3 da década de 1990, e o novíssimo Chevrolet Camaro Z28, também estão reconstituídos em detalhes, com o primeiro apresentando grande velocidade, enquanto o segundo tem estabilidade e firmeza nas curvas. Outros possantes, como o Ford Mustang e o Nissan Skyline, foram os rivais no teste.

Colisões

Colisões e derrapadas são esteticamente perfeitas (Imagem: Divulgação)Colisões e derrapadas são esteticamente perfeitas (Imagem: Divulgação)

O sistema de danos e derrapagens de Grid 2 é muito realista. Grades frontais, para-choques, laterais, vidros e portas, tudo é afetado nas colisões. Apenas encostar o carro na parede ou em outro veículo já basta para arranhar a pintura. Porém nada se altera no desempenho, já que, dada à natureza arcade do título, os danos são apenas estéticos. Para chegar ao nível de realismo apresentado, a Codemasters acompanhou os testes de segurança realizados nas montadoras e utilizou os mesmos dados para seu sistema de danos.

Expectativas

Entre os modos de jogo comentados durante o teste, o mais promissor é o World Series Racing, que oferece uma carreira completa online. Isso vários games já fazem, mas o diferencial de Grid 2 é a Racenet, rede social da Codemasters para seus jogos de corrida. Por meio dela os jogadores construirão uma carreira, começando como piloto local e, conforme conquista fãs reais pelos vídeos de pilotagens, evolui no mundo virtual do automobilismo. Outra promessa é um ranking unificado de todos os pilotos, independente da plataforma.

Alexandre Knebel diz que o game é “a grande aposta” da Warner em 2013, sendo o primeiro jogo de corrida de ruas a receber tradução completa em português, além do mérito da própria série Grid (com 87% de análises favoráveis no site Metacritic).

O título chegará ao mercado brasileiro em junho com preço sugerido de R$179,90 para as versões de PlayStation 3 e Xbox 360, e R$99,90 para PC. Knebel justifica o preço elevado do jogo com o alto custo de licenciamento das fabricantes de consoles, somados à alta carga tributária que ainda incide sobre jogos no país. “O fato do jogo ser em português não encarece o produto, pois nós tentamos não repassar esse custo ao consumidor”, afirma.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Edilson Junior
    2013-10-25T11:16:31

    quando sai a demo para ps3 ?

  • Romano
    2013-03-19T23:43:28

    GRID foi com certeza o melhor lançamento de jogos de corrida entre 2006 e 2008. O impressionante e funcional sistema de danos, a qualidade gráfica e a jogabilidade trouxeram os jogadores para um novo patamar. Acredito que o GRID 2, seja adequado para o Playstation 3 e para o Xbox 360, apesar de utilizar novíssimas tecnologias, acho que os gráficos funcionarão sem desapontar os aficcionados por jogos de carros. A Codemasters vem chegando e arriscando muito, será que finalmente as comparações deixarão de ser entre Gran Turismo x Forza e passasão a ser entre Gran Turismo x GRID x Forza ? =D

  • Ximith Silva
    2013-03-19T18:51:03

    Bem, o Grid 1 foi em 2007 e até hoje muito jogado. Espero que eles facam a mecanica do jogo melhor ainda pois é muito divertido e realista.

  • Juliano Alves
    2013-03-20T15:25:24  

    Infelizmente o jogo vai perder a realidade sem a cockpit. É uma vergonha os motivos dados pela codemasters sobre a falta da cockpit. Para quem curte jogos de corrida no estilo mais real e com desafio, Forza 4 e GT 5 serão as opções mais jogadas, mas para a galera que prefere um jogo mais arcade sem nenhum realismo, vamos de Grid 2. Todos sabem que a câmera que mostra o carro, tira a emoção da velocidade, a câmera que não mostra o carro é ridícula, você está pilotando a câmera e não o carro, e se for para ver só o capô do carro, prefiro jogar dentro dele. A falta da cockpit conta muito.

    recentes

    populares

    • Juliano Alves
      2013-03-20T15:25:24  

      Concordo, ainda mais para quem joga com volante...