Jogos de ação

27/03/2013 12h51 - Atualizado em 27/03/2013 19h24

Luigi’s Mansion: Dark Moon traz gráficos renovados e a diversão de sempre

André Fogaça
por
Para o TechTudo

Luigi’s Mansion: Dark Moon chega ao Nintendo 3DS colocando o irmão icônico de Mario novamente em uma mansão má assombrada. Desta vez, a aventura acontece no portátil e conta com multiplayer local competitivo e cooperativo, ao mesmo tempo.

lgLuigi's Mansion: Dark Moon para Nintendo 3DS (Foto: André Fogaça / TechTudo)

Criado originalmente para o GameCube no ano de 2001, o jogo estrelado pelo irmão de boina verde de Mario, Luigi, volta a dar as caras. Desta vez, o desenrolar da história acontece no portátil Nintendo 3DS, com direito a uso do acelerômetro e também das capacidades de multiplayer do console de mão da Big N.

O título mantém exatamente a mesma fórmula utilizada doze anos atrás. Luigi utiliza uma espécie de aspirador de pó, com uma lanterna na ponta e o nome peculiar de Poltergust 5000, que pode atordoar os fantasmas da mansão e depois aprisioná-los no melhor estilo da série de filmes Os Caça Fantasmas. Há uma série de quebra-cabeças que podem e devem ser explorados, com o objetivo de buscar uma chave para uma porta, ou ainda um item secreto que é responsável pelo aumento do ranking ao final das missões.

Em média o jogador gastará 12 minutos por missão no modo de um jogador, com a possibilidade de retornar para melhorar pontuação ou perder menos vida. Uma grande novidade é a adição do modo multiplayer, de até quatro jogadores em rede local ou também quatro jogadores em modo online. Todos os modos neste caso, são cooperativos, mas também competitivos – pois ao final de cada desafio, uma pontuação e um ranking elege os melhores da partida.

mpLuigi's Mansion: Dark Moon (Foto: André Fogaça / TechTudo)

Há três modalidades de vários jogadores. O Rush Mode, coloca os jogadores em uma torre, com o tempo correndo e obrigando o trabalho cooperativo, para correr atrás de mais tempo e também para descobrir a saída do mapa. O Hunter Mode é semelhante ao anterior, mas sem o contador de tempo. Já o Polterpup, faz com que os Luigis busquem por cachorros fantasmas no mapa.

O game conta com gráficos 3D bem elaborados, mas que falham em momentos quando o jogador utiliza o acelerômetro para olhar em uma janela, por exemplo. O movimentar do console faz com que o ângulo de visão 3D seja perdido. Os controles são intuitivos e de fácil aprendizado.

dsLuigi's Mansion: Dark Moon (Foto: André Fogaça)

Um ponto curioso é a forma do professor, que é o responsável pelo Poltergust 5000, chamar Luigi no game. Um Nintendo DS, o primeiro modelo, é utilizado como celular em todas as ocasiões em que o contato é solicitado. O jogador precisa tocar na tela inferior – desta vez, do 3DS – para atender a ligação, o que se torna algo irritante depois da décima vez – já que se não tocar na tela, o “celular” não para de tocar e impede o avanço no jogo.

O Luigi’s Mansion: Dark Moon é mais um título para o Nintendo 3DS, de um spin-off da série Mario. Já está disponível no Brasil, por R$ 149,90.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • David Silva
    2013-03-27T15:01:27

    aparelho portatio é com a nintendo de mesa o big playstation

  • Luís Oliveira
    2013-03-27T14:08:15  

    "O Luigi’s Mansion: Dark Moon é mais um remake que chega ao Nintendo 3DS" ... Tá sabendo bem hein? o jogo é NOVO e não um remake

    recentes

    populares

    • Luís Oliveira
      2013-03-27T14:08:15  

      techtudo né amigo

  • Luiz Fernandes
    2013-03-27T13:48:00  

    Putz...tenho 3ds normal. Vendo esse jogo na tela do xl é outro nível. Se eu tivesse gostado muito do 3ds vendia o antigo para pegar o xl

    recentes

    populares

    • Luiz Fernandes
      2013-03-27T13:48:00  

      Esse modelo das fotos da matéria não é o XL, é o normal