Jogos de ação

13/03/2013 10h40 - Atualizado em 13/03/2013 10h40

Remember Me aposta em ambientação e cutscenes interativas, leia a prévia

Thiago Dias
por
Para o TechTudo

Remember Me é a nova aposta da Capcom para este ano. O jogo da produtora japonesa tem como objetivo não apenas recuperar parte do prestígio e da boa vontade dos fãs, mas também de ser um dos marcos do fim da atual geração de consoles. O TechTudo pôde conferir duas fases do game, que chega às lojas brasileiras no dia 7 de junho com versões para PS3, Xbox 360 e PC.

Remember Me (Foto: Gematsu) (Foto: Remember Me (Foto: Gematsu))Remember Me (Foto: Divulgação)

Remember Me se passa em um futuro no qual a humanidade não apenas consegue controlar as suas próprias memórias, mas também as transformou em moeda de troca. Pessoas que não tiveram nada de muito excitante em suas vidas podem comprar um memória de uma viagem ou uma namorada e lembrar daquilo como se de fato tivesse acontecido – uma premissa que lembra o filme “Vingador do Futuro”.  A protagonista se chama Nilin, uma mulher sem memória que tem a capacidade de alterar as lembranças de seus inimigos.

Com pouco tempo de jogo, pode-se perceber que um dos grandes destaques de Remember Me será a sua ambientação. O game se passa em Neo Paris, uma versão moderna e decadente da capital francesa, onde grande parte da população desenvolveu uma dependência química por memórias boas, afetando não apenas sua sanidade como também sua aparência.  Segundo a Capcom, toda Neo Paris foi construída de forma que esteja dentro do “possível”, ou seja, não existe nenhuma construção mirabolante na cidade. A Neo Paris de Remember Me é suja, pichada, visualmente poluída com propagandas em hologramas e com lixos se acumulando sobre as ruas.

A história de Remember Me também parece ser promissora, embora muito pouco ainda tenha sido revelado na prévia que tivemos acesso. Por trás do clichê da busca de Nilin pelas próprias memórias e sua própria identidade, parece haver um interessante elemento utilizado em diversas obras de ficção cientifica: o controle da sociedade pelo governo ou elite através de uma droga – neste caso, memórias. Ao que parece, a desmemoriada Nilin fará parte de algum tipo de resistência contra este governo.

Remember Me é aventura futurista (Foto: Divulgação) (Foto: Remember Me é aventura futurista (Foto: Divulgação))Remember Me é aventura futurista (Foto: Divulgação)

Mas o grande chamativo de Remember Me, e aquele em que a Capcom deve investir boa parte de seu marketing, será a possibilidade de alterar as memórias dos demais personagens. Na prática, o que a empresa criou foram cutscenes interativas, possibilitando ao jogador alterar o seu final mexendo em pontos chaves. Contudo, este sistema traz apenas uma ilusão de liberdade. Embora ele possa escolher a forma como irá alterar a memória e o resultado final disto, apenas uma combinação é aceita pelo game e permite que o jogo avance. Ou seja, é apenas um puzzle bem sofisticado, que não deixa de ser divertido.

Infelizmente, a má impressão ficou a respeito do combate do game. A Capcom elaborou um novo sistema de combos, no qual o jogador é responsável com criar as combinações de botões e movimentos, que poderão se tornar mais complexos no decorrer do jogo. Outra inovação é um combo especifico para recuperar a energia da personagem. Não haverá itens durantes as lutas, e se um jogador ficar a ponto de morrer, basta elaborar este combo (que também pode ser personalizado) .

O grande problema, contudo, está na execução. Os golpes de Nilin parece lentos e fracos em uma era em que games como God of War, Metal Gear Rising e DmC apresentam sistemas de combos de altíssima qualidade. A impressão que fica após duas horas de jogo é que, por mais que os golpes sejam costumizáveis, o jogo corre o risco de ter um combate repetitivo. Outro grande problema é que em nenhum momento acreditamos que a personagem pode de fato executar os movimentos, diferentemente de um Raiden ou um Dante.

Remember Me (Foto: Divulgação) (Foto: Remember Me (Foto: Divulgação))Remember Me (Foto: Divulgação)

Claro que são apenas impressões iniciais e muita coisa pode mudar até junho. Prova disto são algumas texturas de inimigos que não estavam finalizadas. Contudo Remember Me parece ser o tipo de game que marcará muito mais pela sua história e ambientação do que por uma jogabilidade inovadora. Isto não é um defeito, é apenas uma escolha que já rendeu ótimos resultados em produções como Enslaved ou Deus Ex: Human Revolution.

A Capcom também confirmou durante o teste que Remember Me chegará às lojas brasileiras com legendas, menus e interfaces completamente traduzidas para o português, assim como alguns elementos de cenário, que ajudarão na imersão do jogador.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Mussum Cacildis
    2013-03-14T12:54:52

    Reisdente evil 6 + Uncharted = Remember me

  • Adolpho Lima
    2013-03-13T11:19:20

    Até estava com boas expectativas neste game, mas realmente, pelos vídeos se parece que Nilin tem golpes um tanto lentos e fracos para derrubar os caras com armaduras só no soco e chute. Fora que até agora so tem golpes simples e sem efeitos...