Jogos de luta

17/04/2013 21h55 - Atualizado em 17/04/2013 21h57

Dubladores de Injustice falam sobre a experiência de ter as suas vozes no jogo

Pedro Zambarda
por
Para o TechTudo

Injustice: Gods Among Us foi lançado oficialmente no Brasil em um evento no Shopping Center Norte, na cidade de São Paulo, nesta quarta-feira (17). O evento contou com a presença da equipe de dubladores responsável pela tradução das falas dos super-heróis da DC Comics para o português brasileiro.

Confira o review de Injustice: Gods Among Us aqui.

Guilherme Briggs, o dublador oficial de Superman, empresta sua voz ao game Injustice (Foto: Pedro Zambarda / TechTudo)Guilherme Briggs, o dublador oficial de Superman, empresta sua voz ao game Injustice (Foto: Pedro Zambarda / TechTudo)

Guilherme Briggs, famoso pela dublagem de personagens como Freakazoid e Buzz Lightyear, da animação Toy Story, falou com o TechTudo sobre seu trabalho como o Superman de Injustice. “Eu gostei muito do Homem de Aço como vilão do jogo de videogame, e ele é parecido com o filme Superman 3, de 1983. Gravei as falas dele muito gripado em Injustice, e já estava doente quando fiz Gollum em O Hobbit. Mas, mesmo assim, procurei fazer o trabalho com a melhor qualidade que pude. Acho que isso falta muito no Brasil, mesmo com nossos prazos apertados e infraestrutura precária”, explicou Briggs.

O dublador é fã do Superman desde criança e gravou as falas do herói em sete horas ao todo, com a preocupação de deixar a voz agradável para o fã dos quadrinhos da DC. “Eu ficava perguntando repetidamente ao diretor sobre os detalhes da história de determinadas falas do Superman, para fazer o papel da melhor maneira possível. Comecei a interpretar Clark Kent há 16 anos, nos últimos cinco episódios do seriado Lois e Clark. O dublador original, Alexandre Lippiani, morreu de uma maneira trágica em 1997, de repente. Ele tinha feito a voz do Woody, em Toy Story, comigo”, disse o dublador.

Superman encara o Coringa em Injustice (Foto: Divulgação) (Foto: Superman encara o Coringa em Injustice (Foto: Divulgação))Superman encara o Coringa em Injustice (Foto: Divulgação)

 

Batman foi interpretado por Ettori Zuin, que fez a voz do super-herói nos filmes de Christian Bale. “O trabalho de dublagem é diferente de ver algo como espectador, seja no cinema ou no videogame. Eu não gosto de ver nenhum dos trabalho que fiz, por perfeccionismo”, explica Zuin, sobre seu método de trabalho, diferente de seus colegas. Ele, no entanto, realçou a crítica de Guilherme Briggs sobre os prazos apertados para a dublagem de filmes e games, além da falta de acesso às imagens, o que dificulta o trabalho deles. “Mesmo com essas coisas, Batman é Batman em qualquer linguagem visual. E ele é um personagem com sempre os mesmos princípios. Acho que é por isso que me chamaram para esse papel, e por causa da minha dublagem com a voz do Christian Bale”, completou o profissional.

Ettore Zuim (Foto: Pedro Zambarda / TechTudo)Ettore Zuim, dublador do Batman (Foto: Pedro Zambarda / TechTudo)

O Lanterna Verde e o Lanterna Amarelo foram dublados por Philippe Maia, que gosta do herói desde os anos 80. “Sim, eu fiz o filme do Ryan Reynolds e sim, eu acho que o filme dele podia ser melhor. Gostei da ideia do Injustice ter a história de um Superman maligno, como boa parte dos universos paralelos dos quadrinhos”, disse Maia, em entrevista ao TechTudo. Ele, assim como Briggs, quer jogar o game depois de pronto, para ter uma ideia melhor de seu trabalho de dublagem.

Philippe Maia, dublador do Lanterna Verde (Foto: Pedro Zambarda / TechTudo)Philippe Maia, dublador do Lanterna Verde (Foto: Pedro Zambarda / TechTudo)

Manolo Rey, o diretor de dublagem de Injustice, esteve no evento de lançamento do jogo. “Esse não é nosso primeiro trabalho com a Warner, porque já fizemos a dublagem de Harry Potter e do Star Wars: Clone Wars, sendo que Guilherme Briggs participou deste último.

Fiz uma pesquisa de elenco e de trabalhos anteriores pra escolher cuidadosamente os dubladores”, explicou o profissional. Rey também contou ao TechTudo sobre os problemas de prazo com a Warner. “Eu tinha me planejado para fazer a dublagem toda em duas semanas, mas Injustice tinha muitas cutscenes. Era equivalente a quase três animações. Acabamos entregando em dois meses, no final das contas”, disse.

No dia do lançamento de Injustice, uma fila foi formada na Saraiva do Shopping Center Norte para uma noite de autógrafos com Guilherme Briggs, Ettore Zuim e Philippe Maia. O trabalho de dublagem fez com que fãs dos games quisessem levar seus games assinados pelos profissionais.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Junior Scheeren
    2013-04-18T01:35:41

    deve ser uma experiência interessante dublar o jogo, e depois joga-lo,,,

  • Guilherme Julio
    2013-04-18T10:04:00

    O jogo vai ser épico, e falando dos dubladores, tudo do Cartoon! *-*

  • Marcos Almeida
    2013-04-18T19:13:39

    Só colocaram dubladores fera! O Guilherme Briggs então é um dos melhores da atualidade.Espero sinceramente que que essa categoria venha tendo o seu valor devidamente reconhecido pois eles merecem.Não é exagero afirmar que os dubladores brasileiros estão entre os melhores do mundo!

  • Christie Cordeiro
    2013-04-25T14:58:41

    Comprei esse jogo só pela importância que ele deu ao jogador brasileiro. Nunca tinha visto isso (Uncharted 3 possui dublagem em português, mas ficou um lixo).

  • Leandro Costa
    2013-12-23T11:39:14

    Excelente dublagem!!!