Câmera

24/06/2013 10h20 - Atualizado em 24/06/2013 10h20

Sensor fotográfico orgânico pode superar limitações dos CMOS

Filipe Garrett
por
Para o TechTudo

Fuji e Panasonic desenvolveram um sensor CMOS orgânico, que não usa silício, e que pode superar as limitações encontradas nos sensores fotográficos atuais, especialmente aquelas vinculadas com a captura de imagens em condições de baixa luminosidade. O resultado é um sensor que registra 88 dB de sinal-ruído, número 12 dB superior ao melhor sensor CMOS atual.

Imagem mostra a diferença de uma captura com muito ruído e com menos ruído (Foto: Reprodução/Extreme Tech)Imagem mostra a diferença de uma captura com muito ruído e com menos ruído (Foto: Reprodução/Extreme Tech)

Sinal-ruído é a razão que classifica o aproveitamento do sensor fotográfico em situações comuns de uso. É a unidade que compara o nível do sinal, a imagem que se deseja fotografar, pelo ruído do ambiente, no caso o excesso, ou falta, de luz. Quanto mais baixo o número, menos nítida será a imagem.

Em resumo, o número aponta que o sensor orgânico tem capacidade de captar quatro vezes mais luz que os sensores CMOS baseados em silício. Isso significa uma câmera que pode captar num único frame toda a informação que um modelo tradicional registraria em três fotografias com exposições a -1, 0 e +1.

O sensor orgânico substitui o uso do silício, que em chips CMOS comuns, traduz uma imagem capturada em elétrons. Na nova tecnologia, essa missão cabe a compostos derivados de carbonos. Além do ganho em qualidade de imagem, o sensor carbônico permite que os chips tenham uma espessura menor, de 3 microns para 0,5 micron. Muito mais do que estética, a miniaturização do CMOS permite que a câmera capte imagens de um ângulo ainda mais

Via Extreme Tech

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares