Internet

03/07/2013 08h22 - Atualizado em 03/07/2013 13h09

Franz Kafka ganha homenagem em Doodle do Google

Milena Pereira
por
Da redação

Franz Kafka, famoso escritor de ficção do século XX, é o homenageado do Doodle  dessa quarta-feira (03) em comemoração ao seu 130º aniversário. O personagem Gregor Samsa, protagonista da obra “A Metamorfose”, retratado na imagem do Google, marcou a cultura literária ocidental. Kafka, que fez outros clássicos de sucesso, como "O Processo" e "Carta ao Pai", se destaca por ter escrito dramas que envolvem conflitos existenciais.

Já seguiu o @TechTudo_oficial no Instagram? 

Kafka (Foto: Reprodução/Google)Google homenageia os 130 anos de nascimento do escritor Franz Kafka. (Foto: Reprodução/Google)

As figuras que ilustram as letras do Google são inspiradas no livro " Metamorfose", novela escrita em 1912. A narrativa é sobre Gregor Samsa, um homem que se vê em um pesadelo após acordar: seu corpo transforma-se em um inseto asqueroso, algo parecido com uma barata. A metáfora usada por Kafka  aborda a sensação de inferioridade do filho na relação com a figura paterna.

Nascido em Praga, Franz Kafka teve uma vida marcada por problemas com o pai, o que pode justificar sua tendência a escrever sobre questões de autoridade no núcleo familiar. "Carta ao Pai", de 1913,  foi uma outra obra com esse mesmo tema, assim como "O Veredicto", que conta sobre o poder de juiz que o patriarca exerce diante do filho.

Kafka (Foto: Reprodução)Kafka 1883 a 1924(Foto: Reprodução)

Formado em direito, o autor teve uma educação marcada por reflexões acerca da opressão burocrática das instituições, da justiça e de seus reflexos na fragilidade do homem comum diante de problemas cotidianos.

"O Processo", "O Castelo", e "A Colônia Penal" foram publicações de grande sucesso do autor; em comum, e bastante coerentes com sua formação, todas abordam o poder e os receios humanos como temas centrais.

O olhar kafkiano exige do leitor uma atenção especial para a estrutura da obra. Feitas tendo a dor como base, suas metáforas são utilizadas com o objetivo de causar aflição, inquietação extrema.

Ao ler sua obra, o leitor é impelido a sentir a mesma angústia narrada pelo personagem; angústia essa entendida como característica pessoal e constante do próprio Franz Kafka, que cultivava a introspecção e possuia uma dificuldade particular em lidar com os círculos sociais.

Kafka (Foto: Reprodução)Detalhe de Metamorfose adaptada para HQ, por Peter Kuper inspirado em Franz Kafka (Foto: Reprodução)

Contrário às expectativas dos leitores, as produções kafkianas não possuem explicação. Algo grandioso acontece em todas as suas histórias, mas ilude-se quem espera encontrar nos livros as razões dos acontecimentos.

Todas as obras de Kafka são abertas à interpretação, assim, fica a critério do leitor refletir os temas e deduzir seu significado metafórico. Muito por conta dessa característica de escrita, a perturbação que sua obra possui ecoa muito fortemente para quem a acessa.

Em vida, Franz Kafka não conseguiu obter grande fama, porém, pouco depois de sua morte por tuberculose, em 1924, suas obras literárias cairam no gosto dos leitores e fizeram do autor um ícone da literatura universal.

Tem dúvidas sobre o Google? Comente no Fórum do TechTudo!

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares