Jogos de estratégia

22/07/2013 11h40 - Atualizado em 09/08/2013 15h56

League of Legends reúne 8 mil na final do torneio nacional em São Paulo

Felipe Vinha
por
Para o TechTudo

League of Legends teve sua fase final do Campeonato Brasileiro realizada em São Paulo no último fim de semana, entre os dias 19 e 21 de julho. O torneio foi palco para diversas equipes profissionais disputarem entre si pelo prêmio de US$ 30 mil (cerca de R$ 60 mil) e também por uma vaga na competição mundial. Cerca de oito mil fãs participaram do campeonato, conferindo de perto das partidas que eram narradas em tempo real, com muita emoção e gritos empolgados. No final o título acabou ficando com a equipe PaiN.

League of Legends reúne seus fãs em São Paulo (Foto: Felipe Vinha/TechTudo)League of Legends reúne seus fãs em São Paulo (Foto: Felipe Vinha/TechTudo)

Mas o evento não serviu apenas para mostrar a habilidade das equipes. Fãs de League of Legends também puderam conferir novidades sobre o jogo, participar de gincanas, curtir cosplays, encontrar amigos e ganhar alguns brindes, como skins – aparências – exclusivas para os personagens do game. Um dos grandes atrativos foi a possibilidade de passar um tempo exibindo suas habilidades na área “Free Play”, com computadores de ponta e prontos para qualquer um que quisesse se arriscar em uma partida do modo “Aram”.

O “CBLoL”, como estava sendo chamando o evento nas redes sociais, também foi a oportunidade única que os fãs tiveram de se encontrar com o pessoal da Riot Games, que trabalha na empresa onde o League of Legends é feito – mais precisamente na divisão brasileira da companhia. Um destes era Felipe Gomes, que cuida do marketing na Riot, e falou com o TechTudo sobre o evento e algumas possíveis novidades que devem pintar por aí.

Brindes, skins e outras atrações no Campeonato Brasileiro de LoL (Foto: Felipe Vinha/TechTudo)Brindes, skins e outras atrações no Campeonato Brasileiro de LoL (Foto: Felipe Vinha/TechTudo)

O futuro de LoL

Segundo Felipe, “o CBLoL já pode ser considerado um sucesso”, e por isso a Riot pretende realizar ao menos três grandes eventos por ano, mais ou menos nos mesmos moldes. “Este ano ainda devemos ter mais um”, revelou. “Nossa intenção é promover o eSport [esporte eletrônico] cada vez mais”, complementou.

Versões localizadas de outras atrações de League of Legends também estão previstas, como uma edição nacional do programa Summoner’s Showcase, que é exibido dentro do jogo, mas apresentado em inglês pela bela Nika “Nikasaur” Harper. “Mas primeiro estamos trazendo algumas atrações mais básicas, como fizemos com o ‘Tribunal’ e o ‘Indique um Amigo’”, comentou Felipe. Ele ainda citou a possibilidade de termos, em breve, uma loja online oficial com artigos sobre o jogo, como camisas, gorros e outros itens personalizados.

Felipe Gomes, do marketing da Riot Games (Foto: Felipe Vinha/TechTudo)Felipe Gomes, do marketing da Riot Games (Foto: Felipe Vinha/TechTudo)

Já Bruno Vasone, responsável pela comunidade, mas principalmente pela área de eSports, disse estar bem empolgado com o desenvolvimento deste tipo de competição no Brasil, já que League of Legends, hoje, é um elemento-chave para o gênero. Para Vasone, cuidar dessa grande comunidade brasileira no jogo e também comandar os campeonatos, apoiar equipes, além de outras manobras, é um desafio, mas que está sendo vencido aos poucos.

Leão Carvalho, gerente da Riot no Brasil, concorda com Bruno no sentido de desafio, mas acrescenta que a empresa não apenas tem superado isso, mas também ultrapassando qualquer expectativa positiva. “O balanço geral desde a chegada da Riot ao Brasil até agora é isso que você está vendo hoje, esse grande evento e a comunidade que ama o jogo e tem a paixão pelo League of Legends, isso sempre foi o nosso foco”, disse. “É um balanço mais do que positivo, e nossos planos futuros pretendem seguir este sentido, sempre melhorando a experiência dos jogadores, seja a longo ou curto prazo”, adicionou o executivo.

Torcida vibrava a cada lance nas partidas (Foto: Felipe Vinha/TechTudo)Torcida vibrava a cada lance nas partidas (Foto: Felipe Vinha/TechTudo)

Sucesso absoluto

Leão não revela o número exato de jogadores que League of Legends atualmente soma no Brasil, mas garante que “é o game online mais jogado por brasileiros”. Ele alerta que LoL não é apenas sobre quantidade, mas qualidade: “Mesmo que tivéssemos só alguns poucos jogadores, mas que estivessem engajados da maneira como estão hoje, já seria muito bom para nós”, contou.

Apesar do enorme sucesso, o executivo reconhece que há pequenos problemas que podem ser melhorados, como eventuais lentidões em servidores, mesmo aqueles já instalados no Brasil. “Sabemos que a estrutura online do país não é das melhores para esse tipo de jogo, mas da nossa parte já fizemos tudo para que isso melhore, inclusive conversar com as operadores e tentar solucionar isso, tanto para elas, quanto para os jogadores, para que a experiência seja sempre boa”, disse Leão.

Leão Gomes, diretor da Riot Brasil, saúda os 'invocadores' (Foto: Felipe Vinha/TechTudo)Leão Carvalho, gerente da Riot Brasil, saúda os 'invocadores' (Foto: Felipe Vinha/TechTudo)

Para se tornar uma lenda

A equipe PaiN Gaming foi a grande vencedora do Campeonato, mas o que os jogadores de hoje devem fazer para se tornarem as lendas de amanhã? Leão, Vasone e Felipe têm opiniões próprias sobre isso, mas todos concordam em uma coisa: treino, muito treino. “A única dica que eu dou é: jogue muito e leve o game a sério. Nós, da Riot, levamos o jogo muito a sério, acho que isso é fundamental”, contou Felipe Gomes.

“O League of Legends é um game bem complexo em termos de experiência com cada campeão, então é preciso pegar esses detalhes, identificar qual campeão que possui as habilidades que você se sai melhor e praticar muito”, adicionou Felipe. Para Leão, o treino também é fundamental, mas ele tem uma dica pessoal: “Jogue o modo Aram. Ali você conhece muita coisa dos campeões, em detalhes. Foi exatamente assim que eu fiz para conhecer cada um”, apontou.

Equipe PaiN, a grande vencedora do torneio (Foto: Felipe Vinha/TechTudo)Equipe PaiN, a grande vencedora do torneio (Foto: Felipe Vinha/TechTudo)

Leão Carvalho também convoca os jogadores de League of Legends para montar suas equipes e treinar bastante, para quem sabe se tornar o próximo grande vencedor. Vale lembrar que este Campeonato Brasileiro, que terminou nesta etapa, começou com milhares de times, com pessoas que se juntaram entre amigos e disputaram suas habilidades contra outros jogadores. Leão deixa a possível dica para que fãs tentem um bom resultado nos próximos torneios.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Lucas Garcia
    2013-07-22T16:36:24  

    lol crescendo cada vez mais, mais dota é dota, quem joga dota 2 nao joga lol bem e vice e versa

    recentes

    populares

    • Lucas Garcia
      2013-07-22T16:36:24  

      Que nem eu que tenho Dota 2 e LoL e só jogo LoL (como dizem gosto não se discute)

  • Matheus Pandolpho
    2013-07-22T16:23:15

    Muito bom, a final então foi muito disputada 111 mil acompanhando na Stream! League of Legends só cresce!

  • Edmund Burke
    2013-07-22T23:08:19

    LoL é cópia do Dota, só que mais fácil

  • Werlleson Castro
    2013-07-24T08:50:48

    Ainda tem uns que dizem que DotA é copia de LOL , asudhuashduahsdu

  • Wanderbil Fernandes
    2013-07-22T13:08:48

    é cada comentário desnecessário que a gente vê!

  • Daniel Cunha
    2013-07-22T12:59:30

    os ultimos 8 mil virgens do brasil estão ali

  • Pedro Barroso
    2013-07-22T12:14:50  

    Como começar uma briga entre fanboys: Dota > LoL

    recentes

    populares

    • Pedro Barroso
      2013-07-22T12:14:50  

      hahahahahah Verdade! DOTA > LOL

    recentes

    populares

    • Pedro Barroso
      2013-07-22T12:14:50  

      LOL Só tem fama... e gente gorda e esquisita... Dota 2 é muito melhor!

  • Fabio Costa
    2013-07-23T10:00:21

    Engraçado que foi necessário criar um DOTA 2 pra TENTAR superar o LoL, porque não comparam DOTA com LoL??? KKKKKKKKKK Imagine quando criarem o LoL 2, ai vai ter que sair o DOTA 3 pra poder TENTAR ser melhor kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Dick Vigarista
    2013-07-23T00:50:26  

    Alguem com mais de 12 anos joga esse lixo ???

    recentes

    populares

    • Dick Vigarista
      2013-07-23T00:50:26  

      Hàáá e tenho 20..:0

    recentes

    populares

    • Dick Vigarista
      2013-07-23T00:50:26  

      Putz... tenho 21 e minha namorada de 23 também joga...