Internet

25/07/2013 17h54 - Atualizado em 25/07/2013 17h54

Spam usa 'bebê real' para infectar PCs e roubar dados; saiba se proteger

João Kurtz
por
Para o TechTudo

De boa notícia para os pais, o bebê real virou ameaça no mundo virtual e é usado para espalhar malwares. O nascimento do novo herdeiro do trono do Reino Unido, Príncipe George, foi um dos assuntos mais comentados dos últimos dias em todo o mundo. E a chegada do filho do Príncipe William também chamou a atenção de criminosos, que aproveitaram o fato para criar novas mensagens de spam e páginas de phishing.

Saiba o que é phishing e veja como se proteger

E-mail usa o filho do Príncipe William como forma de espalhar malware (foto: Divulgação)E-mail usa o filho do Príncipe William como forma de espalhar malware (foto: Divulgação)

Segundo a Kaspersky Lab, um novo e-mail enviado em massa foi descoberto. Com o assunto “The Real Baby Live Updates”, a mensagem contém links que alegam ser de um site onde o usuário pode visualizar, em tempo real, o hospital onde a Duquesa de Cambridge deu a luz. Mas, na verdade, o e-mail infecta o usuário com um vírus. A empresa acrescenta que outros sites também fazem golpes semelhantes.

Os links, se acessados, infectam o usuário com o exploit kit BlackHole, um dos mais disseminados na Internet. “O BlackHole é bastante efetivo em infecções web, atacando especialmente usuários que tenham o plugin do Java desatualizado”, explica o analista de malware da Kaspersky do Brasil, Fabio Assolini.

Uma vez infectado, o computador pode ser acessado remotamente por criminosos, o que põe em risco os dados do usuário. A máquina pode ainda ser programada para enviar spam e propagar o malware.

Como se proteger

A primeira medida a ser tomada é uma avaliação criteriosa do que você irá abrir ou não. E-mails com remetentes desconhecidos, links de amigos nos mensageiros (sempre pergunte se é a pessoa mesmo que está enviando), bem como promoções absurdas são as formas mais comuns de ataque. Na dúvida, devem ser sempre deletados imediatamente. Outra medida, não menos importante, é a instalação de um bom antivírus e antispyware, que eliminarão os programas tendenciosos.