Internet

07/08/2013 07h25 - Atualizado em 07/08/2013 07h25

Google melhora segurança em dispositivos não atualizados; entenda

Dário Coutinho
por
Para o TechTudo

Uma antiga vulnerabilidade do sistema autorizava o acesso de aplicativos maliciosos a outros arquivos, infectando-os ao pular a criptografia de segurança do sistema. Esse problema afetava a maioria dos smartphones e tablets com Android, mas já deixou de ser um problema desde quando o Google decidiu retirar o recurso do Android 4.3 e liberar para todos em um update "escondido".

Atualização é remota e abrange todos os aparelhos com Android (Foto: ReproduçãoAtualização é remota e abrange todos os aparelhos
com Android (Foto: Divulgação)

O bug, conhecido como “Master Key”, era uma falha grave que foi corrigida na atualização da versão 4.2.2 do Android (Jelly Bean). A questão é que para se livrar deste problema, os usuários teriam que ficar esperando por atualizações de fabricantes e operadoras. Ao invés disso, o Google resolveu incorporá-lo ao Google Services. Esse serviço de alto nível roda em todo smartphone e tablet com Android e é sincronizado automaticamente pelo Google.

Com isso, a verificação de aplicativos contra “comportamento prejudicial” agora é realizada tanto no momento em que o aplicativo é enviado para Google Play, a loja de aplicativos do Google, quanto ao ser instalado no dispositivo do usuário. Essa medida cobre as instalações de aplicativos que não estão presentes na Play Store e fornecem uma segurança quase do mesmo nível que um “antivírus” para Android.

Não gosta do sistema do Google? Veja quais as vantagens e desvantagens em trocar o Android pelo iOS

A medida torna o sistema mais seguro, principalmente, aos aparelhos com Android 2.3 (Gingerbread), dos quais não se espera mais atualizações. Tal medida, juntamente com as novas diretivas SE Linux, adotadas no Android 4.3, mostram uma crescente preocupação do Google com a segurança do Android.

As atualizações automáticas do Google Services geralmente são pequenas e o efeito mais notável é o aparecimento automático das novas versões do Google Play. O problema é que esta atualização só funciona em aparelhos certificados pelo Google - geralmente àqueles que já possuem o pacote de produtividade, com Gmail, a loja de apps e outros mais pré-instalados.

Via Android Head Lines

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares