Fabricantes

27/08/2013 07h00 - Atualizado em 27/08/2013 07h00

Webcam e jogos cancelados estão entre as curiosidades do Dreamcast

João Paulo Carrara
por
Para o TechTudo

O Dreamcast é lembrado até hoje com saudosismo entre os jogadores por ter sido o último console lançado pela Sega. Ele foi apresentado ao mundo em 1998 no Japão e descontinuado em março de 2001, disputando mercado com os rivais PlayStation 2, Xbox e GameCube. Apesar do curto tempo de vida, o console é considerado até hoje o precursor de importantes inovações que se estabeleceram posteriormente em outros aparelhos. Por isso, o TechTudo preparou uma lista com 10 curiosidades sobre o Sega Dreamcast. Confira:

dreamcast_reproducao (Foto: dreamcast_reproducao)Sega Dreamcast (Foto: Divulgação)

10 – Logotipos diferentes

logoLogo do Sega Dreamcast (Foto: Reprodução)

O logotipo do Dreamcast contém uma espiral de diferentes cores. Em regiões com padrão de vídeo PAL, o logo do console era azul para evitar uma disputa comercial com a empresa alemã Tivola, que já usava uma espiral laranja em sua logomarca. Entretanto, na America do Norte a espiral era vermelha, enquanto que no Japão e no restante do continente asiático a espiral se manteve laranja. No Brasil, quando lançado pela TecToy a logomarca adotada foi a de espiral azul.

9 – Know-how do Dreamcast aplicado no Xbox 360

dr_moorePeter Moore (Foto: Divulgação)

Após o fim da Sega no ramo de Hardware, Peter Moore, engenheiro idealizador e considerado o pai do Dreamcast, foi convidado por Seamus Blackley (Um dos criadores do Xbox 360) para ingressar na equipe da Microsoft, e sua experiência adquirida com o Dreamcast foi fundamental para a parceria e sucesso do console da empresa americana. Moore também trabalhou para Eletronic Arts.

8 – Edições limitadas

dreamtvEdições do Dreamcast tiveram até TVs embutidas
(Foto: Divulgação)

Devido ao seu curto espaço de produção, apenas algumas edições especiais foram lançadas. Na América do Norte, uma edição limitada de cor preta foi lançada com um logotipo Sega Sports abaixo do logotipo do Dreamcast na tampa.

No Japão houve a versão Hello Kitty, que foi lançada em 2000, que, devido à sua produção limitada, tornou-se uma peça de colecionador extremamente rara. Esta edição trazia um teclado, um joystick, mouse e um jogo de de perguntas e respostas da gatinha. Dois modelos baseados em Resident Evil Code Veronica também foram lançados (um rosa claro chamado “Claire Redfield” e outro azul escuro chamado “STARS”. Para comemorar a chegada do novo milênio, a Sega lançou uma combinação de TV e videogame em parceria com a Fuji. Os modelos finais do Dreamcast foram lançados na cor dourada.

7 – Jogos cancelados

A decisão da Sega de encerrar o ciclo do Dreamcast antes do fim de sua geração pegou muitas empresas de surpresa. Com isso diversos jogos que já estavam em produção foram cancelados, inclusive continuações de grandes franquias que nunca mais viriam a tona em novas gerações. Confira alguns deles:

Baldur’s Gate (BioWare / SEGA)
Battle Zone II (Pandemic Studios)
Castlevania: Resurrection (Konami USA)
Daytona USA 3 (SEGA)
F1 Grand Prix 4
Final Fight Revenge (Capcom)
Flintstones: Viva Rock Vegas
Gold and Glory: The Road to El Dorado (UbiSoft)
Half-Life for Dreamcast (Gearbox + Captivation Digital Laboratories / Sierra)
Heroes of Might & Magic III (3DO / UbiSoft)
Lost World: Jurassic Park (SEGA / AM3)
Max Payne (Remedy / Rockstar / Take 2)
Outrun2 (SEGA/AM2)
Sim City 3000 (Maxis)
Sonic & Knuckles RPG (SEGA)
South Park: Deeply Impacted (Iguana / Acclaim)
Star Wars: Super Bombad Racing (Lucas Learning / LucasArts)
Streets of Rage 4 (SEGA)
The New Batman Adventures (Ubisoft New York)

Rockstar confirma Max Payne HD para dispositivos móveis (Foto: Eurogamer)Max Payne (Foto: Divulgação)

6 – Webcam

dream_camDreamEye (Foto: Divulgação)

A DreamEye, era uma câmera digital que podia ser conectada ao Dreamcast e funcionava como uma webcam. A Sega tinha planos de usar a câmera em um jogo, mas devido ao colapso da empresa em 2001, que abandonou completamente o mundo dos consoles e passou a se dedicar no desenvolvimento de jogos,o projeto não andou.

Lançada apenas em território nipônico a câmera não funciona em consoles de outras regiões. O acessório coloca o Dreamcast também no posto de primeiro uso de webcam em um videogame não portátil.

5 – Sensor de movimento

dream_varaVara utilizada no Sega Dreamcast (Foto: Divulgação) 

Pouca gente sabe mas o Dreamcast tinha como acessório uma vara de pesca, capaz de reconhecer movimentos para simuladores de pesca e que poderia ser adaptada para se transformar em uma espada em Soul Calibur. Ou seja, temos uma versão primitiva do que mais tarde estaria em outro console, o Nintendo Wii com o seu consagrado joystick Wii Remote.

4 - Lançamento de um novo jogo em 2013

Dezesseis anos depois do seu desenvolvimento ter iniciado, Sturmwind, um shooter espacial 2D, foi lançado para o Dreamcast em 2013! Obra do estúdio Duranik, o jogo foi mostrado pela primeira em 1997, e na época o plano da empresa era lançar o game para o console Jaguar. De lá para cá o game foi produzido, cancelado, engavetado e retomado algumas vezes. E mesmo que o Dreamcast já esteja aposentado, o estúdio manteve a produção do game para a plataforma.

Sturmwind tem dezesseis fases e vinte chefões (a maioria deles gigantes), além de recursos “modernos”, como placar de líderes online. Porém, para ter esse jogo em sua coleção, o jogador vai precisar gastar uma boa quantia. A versão Standard sai por 35 euros, enquanto a Limited Edition custa quase 70 euros!


3 – Contra a pirataria

dream_gbMídia própria utilizada no Dreamcast (Foto: Divulgação)

A Sega bem que tentou combater a pirataria. Para isso, no início de sua vida, o Dreamcast utilizava uma mídia própria chamada GD-ROM, com capacidade de armazenamento de 1,2GB. Como não havia gravadores e nem leitores comerciais de GD-Roms, seria tecnicamente impossível copiar os jogos.

Em seguida, verificou-se que controlar isso era impossível. Foi descoberto que ligar o console ao computador e tratá-lo como uma unidade SCSI externo, permitia realizar o backup da mídia. Mais tarde, houve a modificação para o uso de um CD player normal no lugar dos leirores de GD-ROM.

2 – Dreamcast brasileiro

No Brasil o aparelho foi lançado pela Tec Toy em outubro de 1999 e não incluía o modem para acesso à internet ou jogo online. O Dreamcast teve sucesso razoável no país, apesar do alto preço, chegando a 20.000 unidades vendidas após 10 meses no mercado. Em 2006 foi divulgada a lista com os jogos mais vendidos por aqui

1 -Sonic Adventure
2 -Sonic Adventure 2
3 - Sonic Shuffle
4 - Blue Stinger
5 - Monaco Grand Prix
6 - Tomb Raider: The Last Revelation
7 - The King of Fighters Dream Match ’99
8 - Hydro Thunder
9 - Resident Evil Code: Veronica
10 - Virtua Striker 2

1 – O primeira a ter conexão com a internet

Como já dito anteriormente, o Dreamcast foi considerado um console pioneiro em tecnologias que amadureciam posteriormente nos consoles das gerações futuras. O Dreamcast foi o primeiro console a usar o jogo online via linha telefônica, sistema chamado de Sega Net.

dram_modemModem do Sega Dreamcast (Foto: Divulgação)

A adesão ao jogo online foi particularmente popular no Japão. Com lançamentos de jogos compatíveis com a rede, navegadores Web foram desenvolvidos por empresas independentes, como a Planetweb. Eles permitiam o acesso a sites e incluiam recursos como Java, uploads, filmes e suporte ao mouse. Há seis jogos que ainda podem ser jogados online no console. São eles: 4×4 Evolution, Piscina máxima, Phantasy Star Online, Quake III Arena, Sega Swirl (usando o jogo por e-mail) e Starlancer.

Opine no fórum: quais foram os jogos mais marcantes do Dreamcast?

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Célio Júnior
    2014-03-19T14:28:24

    Um dos melhores videogames de todos os tempos. Faz muita falta. A Sega deveria lançar o Dreamcast 2.

  • Vinicius Gomes
    2013-08-28T08:54:27

    Console Muito superior em comparação com seu concorrentes, da sua época e PAI das atuais tecnologias usas pelos consoles Atuais. Tive a sorte de ter um em casa. Pena que não teve muita aceitação por aqui.

  • Erik Gostoso
    2013-08-27T16:49:15

    Tenho o meu até hoje, não vendo por nada! Melhor console da história, super avançado pro seu tempo, jogo mais revolucionário(Shenmue I, II). Quem já teve um sabe do que estou falando, era um super console. Os gráfico eram superiores ao do Play 2, porem foi pouco explorado por desenvolvedores. Uma pena... Mas ainda quero zerar Rayman 2 - The Great Escape de novo! Jogo muito TOP!

  • Rafael Stacheti
    2013-08-27T14:18:12

    Max Payne no Dreamcast? E na lista dos jogos que não tiveram sequência? E o 2 e 3?

  • Elifas
    2013-08-27T14:07:29

    Eu comprei, joguei há uma semana até vendi.

  • Hebert Menzes
    2013-08-27T08:51:32

    Eu era louco pra ter um desses quando era criança, mas minha mãe não deixava meu pai comprar pra mim de jeito nenhum, pois eu já tinha SNes e Mega Drive. Acho que vou comprar um só pra matar a minha vontade, já que que agora minha mãe não pode mais me proibir de ter um, rssssss!