Internet

18/09/2013 15h05 - Atualizado em 18/09/2013 15h05

Projeto busca tornar vídeos em supercâmera lenta mais acessíveis

Aline Jesus
por
Para o TechTudo

Fazer vídeos em supercâmera lenta ainda é uma realidade muito distante da maioria das pessoas. Um projeto de câmera chamado edgertronic busca tornar esta tecnologia, ao menos, um pouco mais acessível. A ideia é vendê-las por um preço inferior a US$ 5 mil (cerca de R$ 11,5 mil), metade do que custam os aparelhos disponíveis no mercado atualmente.

Protótipo mostra como deve ficar a câmera (Foto: Divulgação)Protótipo mostra como deve ficar a câmera (Foto: Divulgação)

O edgertronic promete disponibilizar câmeras de vídeo de alta velocidade capazes de trabalhar com oito resoluções, que variam de 192 x 96 a 1280 x 1024 pixels, e também oito diferentes taxas de quadros por segundo, entre 17791 a 494. Quanto maior a resolução, menor a captação de frames. O aparelho, que tem um visual que lembra o de uma Polaroid, tem lente Nikon, mede 111 x 108 x 79 mm e pesa 862 g.

edgertronic em ação (Foto: Reprodução/Kickstarter)edgertronic em ação (Foto: Reprodução/Kickstarter)

A câmera fotografa com exposição de até 1/200,000 segundos, ISO 100-400 com cor e até 1600 monocromático. O dispositivo grava vídeos em formato H.264 em cartões de memória e tem conexões Ethernet, USB e de microfone.

Para conseguir fazer a ideia sair do papel, porém, os desenvolvedores precisam de US$ 98 mil (cerca de R$ 225 mil) até o dia 7 de outubro. Até o momento, conseguiram apenas pouco mais de US$ 23 mil (R$ 53 mil) no site Kickstarter, com 31 doações. O valor mínimo para conseguir uma unidade da câmera é de US$ 4495 (cerca de R$ 10,3 mil).

Assista a um vídeo do projeto e confira imagens em super slow motion:

Quer saber qual programa converte qualquer formato de vídeo para um compatível com aparelhos de DVD? Confira no Fórum do TechTudo!

Via TechCrunch e Kickstarter

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares