Players

19/09/2013 12h23 - Atualizado em 19/09/2013 12h23

Qual a diferença entre o MPC-HC e o Media Player Classic em PCs com Windows

Dário Coutinho
por
Para o TechTudo

Com a popularidade de pacotes de codecs de vídeo como o K-Lite Codec Pack, muitos usuários se perguntam quais as diferenças entre o Media Player Classic e Media Player Classic Home Cinema (MPC-HC) para Windows. Para esclarecer as dúvidas com relação a esses dois projetos distintos, o TechTudo preparou um artigo completo sobre eles. Confira.

Apesar de parecido, o Media Player Classic não é da Microsoft (Foto: Reprodução/Wikipédia)Apesar de parecido, o Media Player Classic não
é da Microsoft (Foto: Reprodução/Wikipédia)

É muito comum os usuários pensarem que o Media Player Classic é parte integrante do pacote do Windows. O software, que tem uma interface muito parecida com a do antigo Media Player do Windows 98, nada tem a ver com a Microsoft. Trata-se de um projeto de Software Livre, resguardado sob a licença GNU (General Public License).

O Media Player Classic é um tocador de vídeo que se tornou bastante popular graças à codecs de vídeo famosos como K-Lite Codec. Surgiu como alternativa ao pesado Windows Media Player 7, na época para Windows ME (Milenium Edition), o Media Player Classic tem como principal característica a leveza e o baixo consumo de memória RAM. O programa foi desenvolvido por um programador chamado Gabest e depois cedido à comunidade do software livre.

MPC-HC é a continuidade do projeto Media Player Classic

MPC-HC é a continuidade do projeto Media Player Classic, este último desativado (Foto: Reprodução/Wikipédia)MPC-HC é a continuidade do Media Player Classic,
este último desativado (Foto: Reprodução/Wikipédia)

Desde 2009, o Media Player Classic não recebeu mais atualizações. Com isso outro grupo da comunidade de software livre assumiu o projeto, rebatizando-o como Media Player Classic Home Cinema, ou apenas MPC-HC.

A prática, que é comum no mundo do software livre se chama “fork” que consiste em reaproveitar o código de um projeto de software livre, lançando outro projeto que, necessariamente, também precisar ser um software livre.

Graças a essa iniciativa, o projeto do Media Player Classic foi transferido para uma comunidade de programadores denominada Doom9. Bastante ativa, essa comunidade de programadores atualiza constantemente o MPC-HC. Além de corrigir centenas de bugs e incrementar o software com melhorias, foi também graças ao grupo que começaram a surgir versões com suporte aos processadores de 64 bits.

O MPC-HC também oferece compatibilidade nativa com codecs que são padrões na atualidade como o H.264, bastante usado em formatos de vídeo em MP4 e até MKV. O MPC-HC oferece quantidade de idiomas, cerca de 25, incluindo português do Brasil.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Ytalo Aragão
    2016-06-15T07:24:42

    Obrigado pelo artigo, agora entendi a diferença, mas o Mpc é um pouco melhor que o Mpc-hc pra mim