TV

02/10/2013 08h30 - Atualizado em 02/10/2013 08h41

Qual o sistema da TV Digital brasileira e como ele funciona?

Leonardo Rodrigues
por
Para o TechTudo

Você usa a TV Digital, mas nunca soube, de fato, como essa tecnologia funciona? O TechTudo preparou uma matéria especial com algumas informações sobre o sistema brasileiro de TV Digital. Confira.

Melhores aplicativos para controlar a TV usando o smartphone

TV Digital brasileira é baseado no sistema japonês (Foto: Reprodução/Leonardo Rodrigues)TV Digital brasileira é baseado no sistema japonês (Foto: Reprodução)

O Sistema Brasileiro de Televisão Digital Terrestre (SBTVD-T) foi definido no dia 26 de Novembro de 2003, de acordo com o Decreto 4.901.  No Decreto 5.820, de 29 de Junho de 2006, adotou-se como base o padrão ISDB-T (Integrated Services Digital Broadcasting Terrestrial), que permite a transmissão de dados digitais em alta definição (HDTV) ou em definição padrão (SDTV). Consta no Decreto 5.820, ainda, a possibilidade de recepção do sinal digital em pontos fixos, móveis ou portáteis, bem como a interatividade.

A primeira transmissão da TV Digital, entretanto, ocorreu no dia 2 de Dezembro de 2007 em um evento na cidade de São Paulo, com mais de dois mil convidados, o então Presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, fez um pronunciamento para “inaugurar” o sinal digital em solo brasileiro. A partir disso, muitos esforços foram realizados para tornar o padrão digital cada vez mais popular.

Assim, o modelo adotado no Brasil é conhecido como ISDB-TB, uma evolução do padrão japonês com adição de recursos desenvolvidos em centros de tecnologia e universidades brasileiras. Uma das principais diferenças entre o sistema japonês e o adotado no Brasil é o formato de compressão da imagem, que substituiu o MPEG-2 pelo MPEG-4/H.264.

Dentre as especificações técnicas do padrão ISDB-TB, pode-se citar: transporte: MPEG-2 (transmissão terrestre de TV e Protocolo RTP para Internet – IPTV ), compressão de áudio: MPEG-4 AAC 2.0 ou 5.1 canais (depende do programa), compressão de vídeo: MPEG-4 AVC (H.264), HDTV: 1080i (1920 x 1080 pixels, formato 16:9), 720p (1280 x 720 pixels, formato 16:9), SDTV: 480i (720 x 480, formato 4:3), LDTV: 1SEG (320 x 240 pixels, formato 4:3 ou 320 x180 pixels, formato 16:9), middleware: Ginga, aplicações: EPG, t-GOV, t-COM e Internet.

O middleware Ginga, especificado no SBTVD, é uma camada de software responsável por realizar a intermediação entre o sistema operacional e as aplicações desenvolvidas para a TV Digital. De forma resumida, Ginga é o método utilizado para dar suporte à interatividade. Com isso, seu papel é fornecer facilidades para que as aplicações desenvolvidas se tornem independentes do sistema operacional, além de facilitar o próprio desenvolvimento de aplicações que visam interatividade.

Ginga é o middleware que integra o sistema operacional às aplicações (Foto: Reprodução)Ginga é o middleware que integra o sistema
operacional às aplicações (Foto: Reprodução)

Por ser uma tecnologia brasileira de código aberto, desenvolvido pela Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) e pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), o Ginga permite que desenvolvedores criem aplicações interativas de TV Digital para o público brasileiro. Por exemplo, pode-se citar: aplicações que permitem acesso fácil à informações de cada região, educação à distância, serviços sociais, enquetes, etc. Tudo isso através da própria TV.

Com relação às aplicações, o EPG (Eletronic Programming Guide), por exemplo, é um guia que permite que o usuário visualize informações sobre a programação dos canais e, inclusive, agende a gravação de conteúdos.

Qual a melhor TV 3D disponível no mercado? Comente no Fórum do TechTudo!

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Walter Carneiro
    2013-10-06T14:37:10

    Perguntar não ofende, né?: O que está impedindo as nossas emissoras HD de divulgarem o sistema GINGA de interatividade? Notei que o canal 26 (Rede Vida) utiliza um recurso diferenciado mas inteligente, que seja, a tecla azul do C.R. para abrir algo parecido com interatividade na tela, enquanto roda a programação , e a tecla vermelha para fechar o quadro.

  • Rogerio
    2013-10-02T09:31:33  

    É COM TUDO ISSO TEMOS QUE AGUENTAR FAUSTÃO, ANA MARIA BRAGA, JORNALISMO MANIPULADO, cELEBRIDADES DE UMA SEMANA, GUGU, PA$$$STORE$$$, BI$$$PO$$$ E APO$$$TOLO$$$, EMISSORAS QUE NÃO PAGAM IMPOSTOS OU SEJA TANTA TECNOLOGIA PARA CONTINUAR NA MESMICE.

    recentes

    populares

    • Rogerio
      2013-10-02T09:31:33  

      ASSINE UMA TV A CABO

    recentes

    populares

    • Rogerio
      2013-10-02T09:31:33  

      Pega meu like fera...

  • Antonio Henrique
    2013-10-02T10:21:37

    5 segundos para a compactação da imagem na LCD ninguém merece, sai o gol na casa do vizinho eu tenho que esperar para vibrar em casa.

  • João Silva
    2013-10-02T17:29:01

    A tv digita 6 anos l é um fracasso. 6 anos e milhares de cidades

  • Rander Pereira
    2013-10-02T13:47:33

    A melhor coisa que aconteceu aqui nesses últimos dias foi a inclusão dos botões like e dislike, agora muitos podem interagir mais rápido e muitas besteiras vão deixar de ser ditas. Ótima inovação.

  • Leandro Leitão
    2013-10-02T10:18:07

    O dia da inauguração da TV digital do Brasil sempre será lembrado pois:" É o mesmo dia que o curinthia caiu pra segunda divisão" KKKKK