Internet

02/11/2013 09h35 - Atualizado em 02/11/2013 09h35

Plataforma brasileira pemite comprar com apenas um comentário no Instagram

Melissa Cruz Cossetti
por
Da redação

Você já pensou em comprar pelo Instagram? Se achou que isso era impossível, está na hora de experimentar o Arco. A plataforma de vendas online permite que seguidores de lojas e marcas comprem os produtos fotografados apenas comentando a imagem publicada na rede social.

Já seguiu o @techtudo_oficial no Instagram?

Segundo Luciana Obniski, uma das líderes do projeto, o Arco surgiu junto com a vontade de fazer um clube de compras no Instagram, com o diferencial de concluir a compra dentro da plataforma. Ao lado das sócias Diana Assennato, Camilla Barella e a Jurema, uma empresa que desenvolve soluções digitais, o sistema ganhou forma em meados de agosto deste ano.

Perfil do Arco no Instagram (Foto: Reprodução/Instagram)Perfil do Arco no Instagram (Foto: Reprodução/Instagram)

Para que o sistema funcione, é preciso que o vendedor seja cadastrado no site arco.vc e tenha o cuidado de, quando publicar a foto dos seus produtos, utilizar a tag #usearco. Em fotos marcadas por elas, os seguidores precisam apenas comentar com a palavra "comprar".

"Qualquer pessoa pode comprar. Basta fazer um cadastro único e identificar os produtos à venda com hashtag. Daí é só comentar 'comprar' nos que interessam e pronto", disse.

O consumidor só paga o preço cobrado pelo vendedor em cada produto, sem adicionais. E os vendedores pagam uma comissão de 5,5% do valor para a empresa, como taxa de venda.

 Diana Assennato, Camilla Barella, Luciana Obniski da Arco e Arthur Lima, representante da Jurema (Foto: Divulgação/Arco) Diana Assennato, Camilla Barella, Luciana Obniski da Arco e Arthur Lima, da Jurema (Foto: Divulgação/Arco)

Ainda segundo Luciana, o Arco se propõe a ser uma ferramenta de vendas e a escolha dos produtos fica a cargo das lojas cadastradas. Sendo assim, as possbilidades são infinitas.

Por enquanto, o serviço conta com 40 lojas. Segundo a equipe, existe um processo de triagem contínuo e o grupo chega a receber de 15 a 20 e-mails por dia de lojistas interessados no Arco. Aos poucos novos vendedores são aprovados para iniciar vendas e o número segue crescendo.

"Temos desde livros, passando por objetos de decoração e até plantas. É bem misturado, e nossos cadastrados têm curtido muito essa variedade", conta.

Todas as fotos dos produtos aparecem no feed do usuários caso sigam as marcas - tanto nos smartphones e tablets, quanto na versão desktop do site do Instagram na web. Outras aparecem como fotos do perfil @OArco, que seleciona algum produtos para dar destaque. É possível ainda ver apenas o feed de produtos no site da Arco, como uma pequena loja online.

Site do Arco com produtos à venda no Instagram (Foto: Reprodução/Arco)Site do Arco com produtos à venda no Instagram (Foto: Reprodução/Arco)

Com tecnologia brasileira, desenvolvida pela Jurema, a compra pelo Instagram funciona apenas se for conectada a uma conta PayPal do usuário - em que é necessário cadastrar um cartão de crédito da sua preferência. Depois disso, é feito um cadastro com dados pessoais como nome e endereço para que o comprador receba os produtos comprados em sua casa.

Inusitada, a proposta de vender pelo Instagram ganha forma. Com apenas dois meses, o Arco soma cerca de 300 vendas. Para Luciana, o projeto todo é uma grande novidade.

"Somos uma exceção tanto para o PayPal, que possibilita a transação monetária, quanto para o Instagram, que nos deu uma permissão especial para atuar em nome das lojas cadastradas", completou.

Ainda em 2013, a equipe planeja expandir o serviço para o Facebook e o Pinterest.

Vídeo no Instagram com voz distorcida? Veja como resolver no Fórum do TechTudo.

 

 

 

 

 


 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares