Internet

16/12/2013 16h00 - Atualizado em 17/12/2013 11h49

Facebook sabe quando você começa a escrever um post e apaga; entenda

Thiago Barros
por
Para o TechTudo

No Facebook, um novo caso relacionado à privacidade na Internet está dando o que falar: a rede social sabe, por meio de códigos dos navegadores, quando um usuário está digitando algo e depois decide apagar. No entanto, sobre o conteúdo das mensagens, representantes da empresa negam ter acesso.

Criminal Case é eleito melhor jogo para Facebook em 2013; confira lista

Dois pesquisadores assinaram um artigo sobre como a rede social consegue monitorar até o que o usuário não posta. Sauvik Das, que já atuou como engenheiro de software do Facebook, e Adam Kraner, analista de dados, coletaram informações de 4 milhões de usuários da página e abordaram o que eles chamam de “posts abortados”.

Pessoas pensam muito antes de postar (Foto: Reprodução/Thiago Barros)Pessoas pensam muito antes de postar no Facebook (Foto: Reprodução/Thiago Barros)

Ou seja, as publicações que as pessoas iriam fazer mas, por algum motivo, deixaram de realizar. Segundo eles, somente esta intenção foi analisada, não o conteúdo de cada uma das mensagens. No entanto, uma comunicação entre Facebook e navegador poderia ser usada para isso, já que a rede social “armazena” o que o usuário digita – o que é comum, como nos “rascunhos” de e-mails.

O que diz o estudo

O artigo que motivou esta polêmica tem como intuito mostrar que os usuários, por muitas vezes, pensam bastante antes de postar alguma coisa no Facebook. A análise – que observou quase 4 milhões de pessoas – revelou que 71% dos inscritos na rede exibiu uma vez, pelo menos, o senso de “autocensura” em um post em 17 dias de monitoramento.

Estudo tem dados interessantes (Foto: Reprodução/Thiago Barros)Estudo revelou que usuários do Facebook têm alto senso de 'autocrítica' (Foto: Reprodução/Thiago Barros)

Segundo os estudiosos, isso indica que a audiência para a qual a pessoa está escrevendo é cada vez mais importante. A pesquisa indica que os posts são os mais “censurados” – especialmente quando feitos em páginas e direcionados para um grupo específico. Logo depois estão os comentários.

Outro ponto interessante é que os homens censuram mais as próprias publicações do que as mulheres, especialmente quando vão escrever para outros homens. Entretanto, as mulheres “pensam mais” na hora de comentar. Além disso, quem tem contatos de diversas idades e crenças políticas, se preocupa menos com isso.

Em nota, o Facebook Brasil disse que não coleta as informações que foram apagadas e não publicadas. Segue na íntegra, a nota da rede social:

"Privacidade e transparência são muito importantes para o Facebook e deixamos claro em nossa “Política de Uso de Dados” (facebook.com/policies) quais informações temos acesso e como as utilizamos. O Facebook não coleta informações sobre o conteúdo que foi escrito e depois apagado", escreveu o site.

Como criar um álbum Instagram Photos no Facebook ? Descubra no Fórum do TechTudo.

Via Facebook e Slate


Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Breno Fernandes
    2013-12-16T18:27:30

    Facebook e privacidade não combinam!