Celular

23/12/2013 14h33 - Atualizado em 23/12/2013 14h48

Google dá 'ok' ao Oppo N1, primeiro smartphone com CyanogenMod

Paulo Alves
por
Para o TechTudo

O Oppo N1, primeiro smartphone a ser fabricado com o CyanogenMod como sistema operacional padrão, recebeu aprovação do Google em testes de segurança e compatibilidade com apps da Play Store. O N1 roda CyanogenMod 10.2 baseado no Android Jelly Bean e poderá ser adquirido por consumidores nos EUA a tempo para o Natal, no dia 24 de dezembro.

Celulares "genéricos" valem a pena? Descubra no Fórum

Oppo N1, com CyanogenMod, acompanhará caixa personalizada e case com cores e ícone do sistema alternativo (Foto: Reprodução/The Verge) (Foto: Oppo N1, com CyanogenMod, acompanhará caixa personalizada e case com cores e ícone do sistema alternativo (Foto: Reprodução/The Verge))Oppo N1, com CyanogenMod, acompanhará caixa personalizada e case com cores e ícone do sistema alternativo (Foto: Reprodução/The Verge)


O Oppo N1 já é vendido nos EUA, mas a versão com CyanogenMod é uma edição limitada, que foca principalmente nos desenvolvedores e entusiastas do software livre. O desenvolvedor Abhisek Devkota afirmou, via lista de discussão da comunidade Cyanogen, que o sistema não sofreu qualquer mudança por parte do Google, à exceção do acesso root – este proibido de ser incluído de fábrica nos aparelhos Android.

Acredita-se que o aparelho terá preços similares à versão original do Oppo N1, algo em torno de US$ 600, cerca de R$ 1.400 em valores atuais. Não há qualquer expectativa de que o smartphone com CyanogenMod seja comercializado no Brasil.

Via The Verge e Android Community



Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Raphael
    2013-12-26T17:44:33

    Utilizo Cyanogen no celular da minha esposa e achei incrível as funcionalidades que eles fizeram. Eu utilizo uma versão anterior à atual e ainda tem pequenas falhas mas nada que atrapalhe, e com certeza tem menos falhas que o original da VIVO que veio no aparelho.