Internet

06/12/2013 14h00 - Atualizado em 06/12/2013 14h05

Nelson Mandela é homenageado em página inicial do Google após morte

Thiago Barros
por
Para o TechTudo

O Google prestou sua homenagem sutil a Nelson Mandela, um dos maiores líderes políticos e símbolo da luta contra o racismo e antiapartheid, colocando o seu nome na página principal do seu buscador nesta sexta-feira (6). Mandela faleceu, aos 95 anos de idade, na última quinta-feira.

Quatro museus brasileiros estreiam coleções no Google Street View; veja

Ao acessar o Google.com de qualquer lugar do mundo nesta sexta-feira (6), o internauta irá ver o nome completo de Mandela, seguido de seus anos de nascimento (1918) e morte (2013). Caso o usuário clique no link, é redirecionado para um hotsite que conta a história do líder sul-africano e com diversos documentos, vídeos e fotos sobre Madiba, como era conhecido na África do Sul.

Mandela recebeu homenagem do Google (Foto: Reprodução/TechTudo)Mandela recebeu homenagem do Google no dia de sua morte, aos 95 anos (Foto: Reprodução/Google)


Este é um projeto do Google Cultural Institute, lançado em 2011 como fonte de exibições sobre diversos tipos de conteúdo relacionados à arte e à história. No caso de Mandela, a página tem exibições, que são coleções de fotos e documentos, sobre diversos períodos da sua vida, como a “prisão”, a “negociação pela democracia” e a “aposentadoria”.

Símbolo da luta contra o racismo e pela igualdade na África do Sul durante o apartheid, Nelson Mandela foi um dos líderes do movimento que conseguiu acabar com o regime que tinha como base a separação entre negros e brancos. Ficou preso por anos, mas seguiu lutando, voltou às ruas e liderou a transição para a democracia atual do país.

Site conta a história do Madiba (Foto: Reprodução/TechTudo)Site conta a história do "Madiba" (Foto: Reprodução/TechTudo)

Foi presidente aos 75 anos, entre 1994 e 1999, pouco após ganhar o Prêmio Nobel da Paz, em 1993. Tratado por muitos sul-africanos como “pai”, foi internado várias vezes nos últimos anos e, na última quinta-feira (5), veio a falecer. A comoção foi enorme no mundo inteiro, com diversas homenagens sendo prestadas ao eterno “Madiba”.


Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares