31/01/2014 09h56 - Atualizado em 31/01/2014 09h56

Com venda da Motorola, Samsung deve parar de lançar apps genéricos no Android

Raquel Freire
por
Para o TechTudo

Após Google ter oficializado a venda da Motorola para a Lenovo, os rumores sobre um acordo de paz assinado entre a gigante de buscas e Samsung ganharam ainda mais força. A transação já havia sido antecipada pelo site re/code, que afirma que a Samsung deixará de desenvolver aplicativos próprios e passará a dar ainda mais destaque para os apps Google.

Veja também: Google vende Motorola para Lenovo , mas mantém patentes inovadoras

Possível acordo entre Google e Samsung deve por fim à aplicativos genéricos no Android (Foto: Luciana Maline/TechTudo)Possível acordo entre Google e Samsung deve por fim à aplicativos genéricos no Android (Foto: Luciana Maline/TechTudo)


De acordo com a reportagem, as negociações entre as duas companhias tiveram início na CES 2014, que terminou no último dia 10, em Las Vegas. Uma das fontes da revista descreveu o resultado como uma “grande mudança, uma alteração radical nas poucas e últimas semanas.” Uma das possíveis consequências desse encontro será o fim ou alteração da interface Magazine UX, lançada no próprio evento nos dispositivos NotePro e TabPro. Além disso, a Samsung pode perder os serviços Media Solution Center, tais como música e vídeos, oferecidos por meio do Samsung Hub, assim como seu app WatchON.

Interface Magazine UX, apresentada no Galaxy Note Pro, pode acabar (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)Interface Magazine UX, apresentada no Galaxy Note Pro, pode acabar (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)


Mesmo nas mãos da Lenovo, compensa comprar o Moto G? Discuta no Fórum.

Em um primeiro momento, o Google aparentemente saiu ganhando nas negociações. Isso porque não há qualquer indicação do que a Samsung estaria recebendo em troca dessas concessões, exceto o portfólio de patentes – vale lembrar ambas vão compartilhar patentes pelos próximos dez anos. Uma das hipóteses levantadas é a da fabricante sul-coreana ser incluída no desenvolvimento dos próximos dispositivos Nexus, projeto que as colocava como rivais até então.

Porém, se por um lado as gigantes competem em determinados mercados, por outro, elas têm forte interdependência. A Samsung é responsável por 40% das vendas dos smartphones Android, ao passo que o sistema operacional do Google e seus aplicativos são grandes fomentadores de vendas de aparelhos. O intenso clima de Guerra Fria entre as empresas, agora, parece estar perto do fim, mas tudo vai depender dos frutos da recente aliança.

Via re/code

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Urubu Rei
    2014-01-31T11:13:24  

    CHUPA SAMSUNG!!! AGORA O "ANDROID PURO" É EXCLUSIVO DA MOTOROLA.

    recentes

    populares

    • Urubu Rei
      2014-01-31T11:13:24  

      O dia que você fizer um comentário que faça sentido, daí o mundo acaba.

  • Sarrista Sp
    2014-02-01T20:57:31

    Enquanto elas brigam a Nissan come pelas beiradas hehehehehehe

  • Luís Fernando
    2014-01-31T12:46:25

    seria muito bom se isso acontecesse!

  • Wallace Almeida
    2014-01-31T10:05:39  

    Samsung deixar de colocar os apps dela no Android é melhor comprar um Nexus logo, ela não seria burra a esse ponto...

    recentes

    populares

    • Wallace Almeida
      2014-01-31T10:05:39  

      Muito pelo contrário. Ter os Galaxys com Android puro, apenas com apps da Samsung que acrescentem funcionalidades e não os que se assemelhem aos Google Apps é sim muito bom. Faria a Samsung vender ainda mais.

    recentes

    populares

    • Wallace Almeida
      2014-01-31T10:05:39  

      vai perder a identidade da empresa, o que diferencia um aparelho do outro é a cara do sistema, Android puro tem um visual até bonito, mas enjoa rápido...