Impressora 3D

28/01/2014 07h20 - Atualizado em 26/06/2014 12h12

Impressoras 3D imprimem objetos flexíveis e até infláveis

Taysa Coelho
por
Para o TechTudo

As impressoras 3D estão em alta há algum tempo, mas vêm recebendo cada vez mais melhorias. A empresa Stratasys e um estudante da Victoria University, na Austrália, lançaram dois modelos inovadores. A Objet500 Connex3 Color é a primeira do mundo a imprimir objetos flexíveis coloridos, enquanto a Blossom permite criar objetos infláveis.

Review Impressora 3D Cube: 'imprima' quase tudo sem sair de casa

A tecnologia empregada na Object500 se assemelha a de impressoras 2DA tecnologia empregada na Object500 se assemelha a de impressoras 2D (Foto: Reprodução/Stratasys)

A Objet500 Connex3 Color Multi-material 3D Printer, desenvolvida pela Stratasys, garante um resultado não apenas com objetos coloridos e flexíveis, mas também composto por mais de um material. A tecnologia de jato triplo se assemelha com as das impressões em 2D: ela utiliza gotas de três materiais diferentes, incluindo a borracha e o plástico.

Segundo a fabricante, a máquina tem nível de produção de fábrica e é ideal para designers e empresários que desejam acelerar o processo de produção. “Isso vai ajudar designers industriais a reduzir em 50% o tempo para levar protótipos ao mercado”, disse Bruce Bradshaw, gerente de marketing da Stratasys. Para comprá-la, é necessário desembolsar a bagatela de US$ 330 mil (cerca de R$ 793 mil).

Segundo o criador, não há outra forma de produzir o resultado gerado pela Blossom (Foto: Divulgação/Blossom)Segundo o criador, não há outra forma de produzir o resultado gerado pela Blossom (Foto: Divulgação/Blossom)


A Blossom foi desenvolvida pelo estudante de design Richard Clarkson e é capaz de criar objetos complexos capazes de inflar e suportar diferentes níveis de pressão de ar. Os impressos não funcionam com qualquer sensor ou item eletrônico. Ao forçar o ar nas cavidades, o impresso acaba inflando.

Para funcionar, a Blossom usa dois materiais com diferentes propriedades físicas, que permitem a variação do objeto de flexível para rígido. Segundo o site de Clarkson, tal variação oferece uma oportunidade de gerar formas complexas e estruturas dinâmicas que são impossíveis de fazer por qualquer outro meio. “A investigação sobre as aplicações desses materiais digitais resultou em o que se acredita ser a primeira impressão 3D inflável do mundo”, informa no site. A impressora ainda não está disponível para a venda.

Qual a utilidade de comprar uma impressora 3D? Entenda melhor no Fórum do TechTudo.

Via Pocket-Lint e Blossom

 


Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares