Tablet

27/02/2014 10h11 - Atualizado em 27/02/2014 10h18

Fujitsu mostra protótipo de tablet com tela capaz de reproduzir texturas

Allan Melo
por
Do MWC 2014

Para seguir a proposta da edição deste ano do MWC, que trouxe como lema "Creating What's Next" (ou "criando o que virá a seguir", em tradução livre), a Fujitsu trouxe uma novidade instigante: um protótipo de tela háptica touchscreen, capaz de reproduzir texturas do que é exibido na tela.

Fique por dentro de todas as novidades da MWC 2014

Fujitsu (Foto: Allan Melo/ TechTudo)Tela proposta pela Fujitsu promete reproduzir textura de jacarés (Foto: Allan Melo/ TechTudo)




Na prática, é possível sentir, por exemplo, a vibração que o segredo de um cofre faz ao ser girado, assim como sentir a textura da pele de um jacaré, ou a sensação de dedilhar as cordas de um violão.

Fujitsu (Foto: Allan Melo/ TechTudo)Apesar de competente no que se propõe, o protótipo ainda é bem limitado (Foto: Allan Melo/ TechTudo)



Além de não trazer grandes novidades ao MWC 2014, a novidade estava sendo exibida sem grandes destaques pela japonesa Fujitsu. Alguns dos integrantes da fila, na ocasião, revelaram que só descobriram a inovação porque passaram por perto do estande e decidiram ver o que estava acontecendo. 

O protótipo é bem limitado e usa informações complementares para reproduzir a sensação de textura. Por isso, nem adianta sair navegando pela Internet e clicando em qualquer foto para sentir as texturas de qualquer coisa. 

Fujitsu (Foto: Allan Melo/ TechTudo)A Fujitsu também inventou um sistema de vibração localizada (Foto: Allan Melo/ TechTudo)



Qual será a maior inovação do MWC 2014? Comente no Fórum do TechTudo

Outro detalhe é que seu funcionamento é perceptível: em vez de tornar o vidro maleável a ponto de reproduzir texturas, a Fujitsu inventou um sistema de vibração localizada. Assim, variando entre intensidade e frequência, é possível experimentar sensações diferentes em pontos localizados da tela.

De fato, não é o dispositivo inteiro que faz a vibração, mas somente a área programada para efetuar algum tipo de textura. Por exemplo: na demonstração da viola, apenas ao passar o dedo sobre as cordas é que é possível sentir o efeito.

Ainda que não seja o ideal, ao menos a tecnologia funcionou para atiçar a curiosidade do público na feira. Quem sabe a indústria um dia não toca isso para a frente?

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Matheus Silva
    2014-02-27T18:20:51

    BAD. PREFIRO MEU iPAD