Internet

23/04/2014 13h56 - Atualizado em 23/04/2014 13h57

Netflix Brasil confirma aumento na mensalidade ainda sem data definida

Paulo Alves
por
Para o TechTudo

O popular serviço de streaming de filmes e séries Netflix sofrerá reajuste de preço para novos assinantes em breve. A confirmação é da assessoria de imprensa do Netflix Brasil e chega após um rumor que nasceu na última terça-feira (22) sobre um possível aumento dos valores em mercados internacionais. Segundo um documento apresentado a acionistas nos Estados Unidos, o Netflix pretende cobrar entre US$ 1 e US$ 2 a mais, o equivalente a R$ 2,20 e R$ 4,50 em conversão direta.

Cinco dicas e truques melhoram sua experiência no Netflix; veja lista

Serviço de streaming por assinatura poderá cobrar até R$ 4,50 a mais de novos usuários (Foto: Divulgação/Netflix)Serviço de streaming por assinatura poderá cobrar até R$ 4,50 a mais de novos usuários (Foto: Divulgação/Netflix)

Os valores exatos ainda não foram confirmados, mas espera-se que os novos assinantes brasileiros passem a pagar entre R$ 19 e R$ 21, caso o reajuste no Brasil siga os números apresentados aos acionistas quando a empresa revelou seus planos para o próximo trimestre fiscal. O último aumento de preço do serviço de streaming de vídeos foi há um ano, quando subiu de R$ 14,90 para R$ 16,90.

Preço atual Provável novo preço
R$ 16,90 Entre R$ 19 e R$ 21

Segundo o Netflix, o reajuste garantirá, em três anos, um montante suficiente para expandir sua operação para outros países, aumentar os investimentos em produções próprias e adquirir conteúdo exclusivo como o premiado documentário sobre impressão 3D “Print the legend” (Imprima a lenda).

Ainda não há confirmação da data exata do aumento de preço da assinatura do Netflix, mas a assessoria de imprensa da companhia informou que o foco são os novos usuários, numa fase inicial. Portanto, assinantes atuais continuariam a pagar R$ 16,90 por mês para usufruir do serviço.

Produções de sucesso

O Netflix mudou o cenário da TV norte-americana ao investir em produções independentes com o mesmo apelo de público que os sucessos de canais consagrados. Um exemplo é a série House of Cards, ganhadora do Emmy de Melhor Direção em Série Dramática em 2013 e com a segunda temporada no ar desde fevereiro deste ano gravada em 4K Ultra HDTV -  veja como acessar.

Na última reunião de acionistas, a companhia revelou que suas séries são as principais responsáveis pelo aumento do número de assinantes nos últimos meses – hoje são mais de 46 milhões no mundo – e anunciou as novidades que chegarão em breve no site, como as novas temporadas de Orange Is The New Black e Hemlock Grove.

Vale a pena usar o Netflix? Comente no Fórum do TechTudo.

Entre os lançamentos para 2014 e 2015, Netflix terá as séries Marco Polo, Demolidor (Marvel), Sense 8 (dos criadores de Matrix) e Narcos, drama com direção do brasileiro José Padilha e Wagner Moura no papel do traficante Pablo Escobar.

No início do mês, a Netflix também começou a oferecer conteúdo em definição UltraHD. Desde que o usuário tenha uma TV com o codec certo (H.265/HEVC), a segunda temporada de House of Cards e quatro documentários sobre natureza já estão disponíveis em 4K. Vale lembrar, porém, que ainda não há televisores desse tipo à venda no Brasil.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Eduardo Costa
    2014-04-24T09:13:27

    Bom se melhorarem a qualidade da programação com séries exclusivas, filmes mais recentes, desenhos legais, etc, etc, etc... tudo bem, o que não dá é pra aumentar o preço e continuar exibindo "ET, o extra-terrestre"