Internet

04/04/2014 10h01 - Atualizado em 07/04/2014 10h28

Programas de segurança da Microsoft vão bloquear adware a partir de julho

Thiago Barros
por
Para o TechTudo

A Microsoft entrou na luta contra os adwares. Os seus programas de segurança, incluindo o Microsoft Security Essencial e o Microsoft Forefront, a partir de 1º de julho, passarão a bloquear, por padrão, softwares que se instalam no PC e exibem anúncios sem a autorização dos usuários. A fabricante do Windows criou também novas regras para os desenvolvedores que incluem propaganda em apps.

O que é e como remover adware no Facebook?

Microsoft vai exigir que programa mostre que está anunciando (Foto: Divulgação/Microsoft)Microsoft vai bloquear adwares em suas soluções de segurança para o Windows (Foto: Divulgação/Microsoft)


O adware tem muitos problemas, como janelas em formato pop-up abrindo no meio da navegação, lentidão na conexão e espionagem de dados do usuário, que podem acabar sendo transmitidos para autores dos anúncios. Este tipo de programa está entre os que mais são repreendidos pelos usuários.

Atualmente, os programas de segurança da Microsoft identificam adware e alertam para o usuário, que decide o que deve fazer com aquele programa. Com a sua atualização, haverá um novo padrão para remover logo o conteúdo, visando aumentar sua segurança e evitando possíveis casos de espionagens.

A Microsoft pede ainda que desenvolvedores de softwares para Windows realizem uma adaptação em seus programas, caso eles contenham algum adware no seu código.

A empresa divulgou a sua nova política para anuncios e adwares em um post no blog oficial TechNet. De acordo com o comunicado, até julho será possível fazer alterações nos programas que forem afetados.

Microsoft vai exigir que programa mostre que está anunciando (Foto: Divulgação/Microsoft) (Foto: Microsoft vai exigir que programa mostre que está anunciando (Foto: Divulgação/Microsoft))Microsoft vai exigir que programa mostre que está anunciando e bloqueia adwares (Foto: Divulgação/Microsoft)



“Programas que promovem produtos ou serviços fora de sua interface podem interferir na sua experiência", explica a Microsoft. Ainda de acordo com a fabricante de software, os anúncios só serão autorizados com maneiras simples de fechá-los e se tiverem o nome do programa que incluiu o anúncio, além de um método de desinstalar a função sem prejudicar a navegação no computador do usuário.

Via Microsoft

Qual é o melhor antivírus grátis? Veja no Fórum do TechTudo.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares