Internet

27/05/2014 16h09 - Atualizado em 27/05/2014 16h10

Hackers usam Find My iPhone para 'sequestrar' Macs, iPhones e iPads

Ricardo Fraga
por
Para o TechTudo

Usuários de iPhones, iPads e Macs têm sido surpreendidos, nesta terça-feira (27), com uma mensagem informando que os seus dispositivos foram sequestrados. O hacker, que se denomina Oleg Pliss, exige que uma quantia seja depositada via PayPal para que a conta do iCloud do usuário seja devolvida.

Mulheres que postam muitos dados no Facebook são mais solitárias, diz estudo

segurança (Foto: Reprodução/TechTudo)Hacker "sequestra" contas de iCloud dos usuários Apple (Foto: Pond5)


Por enquanto, os usuários atacados no iOS e no Mac OS X são da Austrália. O hacker consegue comprometer a conta do iCloud dos alvos e quando tem acesso ao serviço da Apple, ele faz uso da ferramenta "Find My iPhone", originalmente desenvolvida para permitir que os usuários encontrem dispositivos perdidos e efetuem o bloqueio, caso necesário, para encontrá-los.

Ainda não está claro como o hacker está tendo acesso à Apple ID dos usuários, mas uma das possibilidades é de que o usuário utiliza a mesma senha em vários serviços, que podem ter sido violados recentemente. Outra possibilidade é por meio do uso de mensagens de e-mail fraudulentas (phishing) solicitando os dados da conta para atualização de serviços utilizados por ele online.

apple_devices_sequestradosMensagem exibida aos usuários que tiveram os equipamentos sequestrados (Foto: Reprodução/AppleInsider)

De acordo com relatos dos usuários da comunidade de suporte da Apple, os valores dos resgates variam entre US$ 50 e US$ 100 (aproximadamente R$ 110 e R$ 220, respectivamente) e o pagamento deve ser feito por meio de um depósito no PayPal. Contudo, proprietários de equipamentos com o desbloqueio via código ativado ou que contam com o Touch ID relatam que conseguiram desbloquear os aparelhos sem ceder às exigências do sequestrador.

iPhone 5 ou um iPhone 5C? Comente no Fórum do TechTudo.

Apesar da Apple ainda não ter se pronunciado sobre o problema, os usuários podem tomar medidas preventivas até que se tenha certeza de que não há uma falha de segurança no iCloud. Entre as medidas, estão alterar a senha da Apple ID e ativar a verificação em duas etapas, que dificulta o acesso por pessoas não autorizadas.

Via AppleInsider

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares