09/06/2014 06h00 - Atualizado em 09/06/2014 10h49

LG desembarca a linha de TVs com webOS no Brasil; confira o teste

Isadora Díaz
por
De Santa Clara

A primeira leva de smart TVs da LG rodando webOS já desembarcou no Brasil, com preços não muito diferentes do setado pela concorrência no mercado. Mas, afinal, quais são as vantagens das televisões da companhia? O TechTudo foi conhecer a fundo o sistema e traz o teste para responder a pergunta-chave: vale a pena?

Como sincronizar vídeos do YouTube com sua Smart TV

WebOS, sistema operacional para Smart TVs da LG, foca na simplicidade (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)WebOS, sistema operacional para Smart TVs da LG, foca na simplicidade (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)



A LG apostou alto (e muito) no novo sistema. Matematicamente, digamos que 80% dos modelos que a empresa pretende colocar à venda neste ano rodam webOS. E, no fim das contas, faz sentido. O sistema é redondo e incrivelmente simples de usar, mesmo para quem não tem familiaridade com parafernália tecnológica. Os ícones são grandes, o controle é amigável e a resposta é rápida, mesmo nos televisores mais baratos, os chamados de entrada.

Há três grandes menus principais, dos quais é possível acessar as aplicações instaladas na TV. O primeiro mostra seus apps abertos recentemente, o segundo os apps que você pode abrir e rodar simultaneamente em multitarefa e o terceiro, e provavelmente mais relevante, é o menu de aplicativos propriamente dito. E há um punhado de programas disponíveis: os mais relevantes já vêm instalados, a exemplo no Netflix, mas a promessa é a de que novos desenvolvedores engordem a loja de apps da LG no decorrer do ano.

Controle remoto: simples, cabe na mão, mas usuário pode estranhar (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)Controle remoto: simples, cabe na mão, mas usuário pode estranhar (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)




O controle é pequeno, menor ainda do que o de televisões convencionais. O porquê é bem óbvio: a LG retirou os números deles. Eles não desapareceram de todo, mas foram transferidos para a tela. Um teclado numérico virtual aparece assim que você abre a Live TV, que nada mais é do que a aplicação para navegar pelos canais de fato. Ficou menos prático, mas a "enxugada" no controle tem lá suas vantagens. A primeira, e mais óbvia, é que ele cabe perfeitamente na mão. Além disso, a saída dos números deu lugar a um botão de rolagem, igualzinho ao dos mouses, que permite navegar mais rapidamente pela interface.

O sistema de ponteiro da TV não é bem o que chamaríamos de inédito. É semelhante ao que vimos, por exemplo, no Nintendo Wii, com a diferença de que é mais preciso e de que não é necessário apontar para a televisão todo o tempo para que ele funcione. O ponteiro pode ainda ser configurado em tamanho e velocidade no menu de acessibilidade. Ponto para a LG nesse quesito.

Números aparecem na tela, e não no controle (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)Números aparecem na tela, e não no controle (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)



Entre a gama de apps já disponíveis, destaca-se, mais uma vez, o Netflix. Ele, no entanto, não é o único a fazer bonito: o navegador se comporta bem, o YouTube também e há de se mencionar o Skype, que funciona com qualquer câmera que seja conectada na entrada USB. O controle conta ainda com microfone embutido, para comados de voz, inclusive em português. 

Navegação na Internet, com o sistema operacional da LG, fica mais intuitiva (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)Navegação na Internet, com o sistema operacional da LG, fica mais intuitiva (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)


Um detalhe interessante: quando o usuário liga a TV pela primeira vez, é recebido por um simpático mascote, que o ajuda no passo a passo da configuração. Trata-se de uma estratégia da companhia para tornar o webOS amigável e incentivar as pessoas a logo de cara configurarem a parte "smart" da smart TV - que é o ponto principal do webOS, afinal.  

Qual a melhor Smart TV do mercado? Opine no Fórum TechTudo.

O modelo mais barato da série LB6500, uma LED de 39 polegadas, chega por R$ 2.199. Há, no entanto, versões de 42 polegadas (R$ 2.699), 47 polegadas (R$ 3.399), 50 polegadas (R$ 3.999), 55 polegadas (R$ 5.499), 60 polegadas (R$ 7.499) e 65 polegadas (R$ 9.499). Para os dispostos a desembolsar uma pequena fortuna em uma televisão, vale o adendo de que a linha de TVs 4K com webOS chega em agosto.

Com menus simples, aplicativos instaláveis e navegação rápida, o webOS é o que as smart TVs deveriam ter sido desde o início e, por agora, facilmente abocanha um lugar entre os melhores sistemas para televisão no mercado. 

* Isadora Díaz viajou a Santa Clara a convite da LG

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Roberto Missano
    2014-06-19T13:01:50  

    Gostei da nova TV LB6500, é fácil de navegar pelo menu e aplicativos. O sistema WEB OS não permite acessar a internet e assistir TV ao mesmo tempo, ao contrário da LB5800 lançada neste mesmo ano. O conteúdo de gravação do HD externo não pode ser reaproveitado em outra TV, precisa formatar o HD novamente.

    recentes

    populares

    • Roberto Missano
      2014-06-19T13:01:50  

      Achei a placa de wi-fi fraca quando se conecta de outro ponto da casa. Toda hora tenho que configurar a rede. O youtube e alguns aplicativos não funcionam se o telefone sem fio estiver por perto.

    recentes

    populares

    • Roberto Missano
      2014-06-19T13:01:50  

      Roberto Missano como assim você não consegue acessar alguns aplicativos com o telefone sem fio por perto? o.O