15/07/2014 12h09 - Atualizado em 15/07/2014 13h25

Google, Samsung e ARM se unem para integrar mais de 250 dispositivos

Gabriel Ribeiro
por
Para o TechTudo

A Samsung, o Google e a fabricante de chips ARM se uniram na tentativa de padronizar a "Internet das Coisas". A Thread, como a tecnologia está sendo chamada, pretende desenvolver um novo protocolo de rede sem fio, baseado em IPv6, para conectar mais de 250 diferentes dispositivos simultaneamente.

Intel, Dell e Samsung se unem para padronizar a 'Internet das coisas'

Thread quer padronizar a Internet das coisas (Foto: Reprodução/Thread)Thread quer padronizar a 'Internet das coisas' (Foto: Reprodução/Thread)


Um dos problemas que a Thread quer resolver é a dependência da rede a apenas um aparelho, no caso o roteador Wi-Fi, como único distribuidor do sinal de Internet. Outro fator é o consumo de bateria. A organização quer desenvolver uma tecnologia que seja capaz de reduzir ao mínimo o uso energético por parte dos aparelhos.

A segurança também é um dos pilares que sustentam a "Internet das coisas". O novo protocolo deve incluir encriptação de nível bancário na transmissão dos dados, além de permitir a "conversa" entre os mais variados dispositivos. Completam os desenvolvedores da Thread: Yale Security, Silicon Labs, Freescale Semiconductor e Big Ass Fans.

Já existem outros grupos com a mesma proposta, como o Open Interconnect Consortium, na qual também faz parte a Samsung, e a Allseen Alliance, com mais de 50 empresas apoiadoras. O diferencial do Thread está na capacidade de modificação apenas no campo do software, não precisando alterar o hardware dos aparelhos.

Por que o estabilizador estala? É algum defeito? Descubra no Fórum do TechTudo.

Com tantos outros grupos com o mesmo objetivo, poderemos ver, no futuro, o que aconteceu no passado com VHS x Betamax, DVD-HD x Blu-Ray, entre outras disputas. Quem ganha com esta guerra é o consumidor que receberá produtos cada vez melhores e com maior custo-benefício em virtude da concorrência.

Via The Next Web, Engadget e Thread

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares