Computadores

08/07/2014 09h23 - Atualizado em 09/07/2014 11h48

Inteligência artificial é levada a outro patamar em projeto sigiloso

Gabriel Ribeiro
por
Para o TechTudo

A Cycorp, empresa de tecnologia com base nos Estado Unidos, quer levar a inteligência artificial a um novo patamar. O projeto, mantido em sigilo por 30 anos, pretende fazer com que os computadores aprendam e entendam o que os seres humanos desejam e falam.

O que é inteligência artificial? Veja no que as empresas têm investido

Tecnologia está em desenvolvimento desde 1984 (Foto: Reprodução/TapScape)Tecnologia está em desenvolvimento desde 1984 (Foto: Reprodução/TapScape)



O projeto teve início em agosto de 1984 e desde então tem sido mantido de maneira sigilosa por seus criadores, Mary Shepherd e Doug Lenat. Segundo eles, não foi usado qualquer investimento externo na pesquisa, mas ela já estaria perto de ser aplicada e este seria o momento de divulgá-la. " O projeto vai amplificar a inteligência humana", disse Lenat, presidente e CEO da Cycorp.

A tarefa não é muito simples, afinal a linguagem humana nem sempre pode ser interpretada ao pé da letra. O Cyc, como é chamado, é um software que funciona como uma espécie de cérebro e aprende com o convívio com as pessoas. O resultado é um computador inteligente que pode compreender as entrelinhas.

De acordo com Lenat, o sistema é capaz de assimilar o que as pessoas dizem, o que é ainda é muito difícil para os computadores atuais. Ele conseguiria entender que socar um dente de alho significa pegar um pilão, descascar o tempero e amassá-lo até deixar em determinado ponto, ao invés de usar as mãos para esmurrá-lo.

Esse exemplo pode parecer simples, mas os assistentes pessoais atuais, como a Siri, da Apple, e a Cortana, da Microsoft, não são capazes de compreender uma série de expressões. Até chegar a este ponto a tecnologia pode demorar ainda algum tempo.

Qual a sua opinião sobre a entrega de produtos feitas por drones? Comente no Fórum do TechTudo

No momento, o Cyc está sendo utilizado para ensinar matemática a alunos da sexta série. Ele pode fingir ser um aluno confuso e permitir ser ensinado por uma criança. No futuro, o programa poderá ser usado em robôs domésticos para realização de pequenas tarefas, como cozinhar ou  limpar a casa.

Via Business Insider

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Diego Galao
    2014-07-21T12:26:37

    parece interessante, desde que nao coloquem em robos com armas de fogo!!!