01/07/2014 09h25 - Atualizado em 01/07/2014 09h25

LG entra para time de fabricantes que vai fazer Android Auto acontecer

João Kurtz
por
Para o TechTudo

A LG anunciou que está se juntando ao Open Automotive Alliance (OAA) – uma parceria do Google com montadoras para implantar o Android em automóveis, revelada no início do ano. A empresa espera lançar um sistema de áudio, visual e navegação (AVN) a partir de 2015.

Google proíbe versões customizadas dos sistemas Android Auto, TV e Wear

Sistema operacional vai permitir que carros se comuniquem com dispositivos Android (foto: Reprodução/Google)Sistema operacional vai permitir que carros se comuniquem com dispositivos Android (foto: Reprodução/Google)


A LG já havia demonstrado um protótipo de seu AVN na última semana, durante a convenção Google I/O. O software vai permitir que os usuários conectem dispositivos com Android em veículos com a interface do Google e facilitar seu uso enquanto dirigem.

Alguns exemplos de usos possíveis incluem aplicativos de navegação, busca por contatos e enviar mensagens de texto através do display do carro. As estimativas da LG indicam que este mercado vai envolver até 60 milhões de unidades e movimentar US$ 100 bilhões (R$ 223 bilhões) até 2018.

A OAA é uma parceria do Google com as montadoras Audi, GM, Honda e Hyundai, além da Nvidia. O objetivo do grupo é lançar carros até o fim de 2014 equipados com o Android Auto, uma variação do sistema operacional otimizada para veículos e que só funciona quando conectado com outro dispositivo compatível.

O que devo fazer para tornar o Android mais seguro? Descubra no Fórum do TechTudo.

O vice presidente e chefe da divisão de desenvolvimento de infotenimento de veículos da empresa, Jong-rak Lim, acredita que a LG tem muito a contribuir para o mercado de carros conectados. “Nós buscamos aumentar nossa cooperação com nossos parceiros da OAA para trazer os veículos para os consumidores o mais cedo possível”, afirma.

Via LG

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares