Internet

18/07/2014 08h05 - Atualizado em 18/07/2014 09h41

No Dia Internacional de Nelson Mandela, Doodle do Google lembra frases marcantes

Aline Jesus
por
Para o TechTudo

Nelson Mandela é o homenageado do Doodle do Google desta sexta-feira, 18 de julho, quando se comemora o Dia Internacional de Nelson Mandela. Ícone da luta pela igualdade racial na África do Sul e ganhador do Prêmio Nobel da Paz de 1993, ele teve o seu aniversário transformado em data comemorativa em 2009 pela ONU. O Google, em sua página principal, relembra durante todo o dia algumas das muitas frases de Mandela que entraram para a história.

Doodle tem imagem de Mandela nesta sexta (Foto: Reprodução/Google)Doodle tem imagem de Mandela nesta sexta (Foto: Reprodução/Google)


Ninguém nasce odiando outra pessoa por causa da cor da pele, origem ou religião dela 
Nelson Mandela

 

No Doodle animado, que tem como início um desenho do rosto do humanitário rodeado por flores, basta o usuário dar um toque no ícone de “play” para iniciar a reprodução das frases, que são exibidas em inglês e sempre com ilustrações que remetam ao assunto abordado. Clicando no pequeno balão do lado esquerdo, uma legenda em português (para quem entra pelo Google.com.br) será exibida abaixo de cada uma das citações.

Qual o melhor Doodle do Google? Dê sua opinião no Fórum TechTudo

Entra as frases exibidas no Doodle, estão: “Ninguém nasce odiando outra pessoa por causa da cor da pele, origem ou religião dela”; “As pessoas certamente aprendem a odiar. E se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar já que o amor surge de forma mais natural no coração das pessoas que seu oposto”; “A educação é a arma mais poderosa que se pode usar para mudar o mundo”.

Frases do ativista estão animadas no Doodle (Foto: Reprodução/Google)Frases do ativista estão animadas no Doodle (Foto: Reprodução/Google)

Esta não é a primeira homenagem do Google a Mandela. No dia seguinte ao falecimento, no ano passado, a Gigante das Buscas colocou o nome dele em sua página principal no mundo todo. Ao clicar nele, o usuário era direcionado para um site com toda a história do líder político sul-africano, com documentos, vídeos e fotos.

 Luta contra o racismo desde a juventude

Nelson Rolihlahla Mandela é um símbolo da luta contra o Apartheid, que separava negros e brancos na África do Sul. Líder de grupos rebeldes no país e grande ativista na luta pelos direitos dos negros, foi preso em 1964 e só foi solto em 1990. Aclamado por uma grande multidão, ergueu o punho cerrado mostrando que a sua batalha continuaria.

Mas tudo começara muito antes dali. Nascido em 18 de julho de 1918 em uma família de nobreza tribal, aos 23 anos foi para Joanesburgo fugindo de casamento organizado por seus familiares. Ao chegar à capital, rodou de emprego em emprego, estudou Artes na Universidade da África do Sul e também fez um curso jurídico em Witwatersrand.

Então, criou um escritório de advocacia para negros, o primeiro do país. E, assim, começou a perceber como a Justiça local pendia para os brancos. Notou que havia um grande abismo entre as duas raças no país. Foi ali que viu que poderia lutar contra isso. Decidiu entrar no Congresso Nacional Africano, um movimento político sul-africano fundado justamente para lutar pela causa negra.

27 anos de prisão

Em 1949, o Apartheid, que separava negros e brancos na África do Sul, foi aprovado oficialmente. Leis segregacionistas passaram a ser impostas pelo governo, com tomada de terras de negros, mestiços e indianos, e a situação só piorou nos anos anteriores. Em 1954, Mandela, junto a Walter Sisulu e Albert Luthuli, criam o Congresso do Povo, visando unir os não-brancos contra o sistema político racista que se instaurou.

Mandela e De Klerk, com quem negociou sua saída da prisão (Foto: Wikimedia/World Economic Forum)Mandela e De Klerk, com quem negociou sua saída da prisão (Foto: Wikimedia/World Economic Forum)

A briga contra os poderosos fez com que Mandela passasse a ser caçado pelas autoridades do país, especialmente após passar a apoiar o braço militar da revolução, o “Lança de Uma Nação”. Em 1962, foi detido. Em 1964, condenado à prisão perpétua. Então, foi para a cela 466/64 da prisão da Ilha Robben e ficou lá até 1982, quando foi transferido para Pollsmor.

A partir de 1986, começou a tentar negociar com o governo a sua saída da prisão e o fim do Apartheid. Demorou, mas ele conseguiu. Nas negociações com Frederik de Klerk, que assumiu o lugar do então mandatário sul-africano Pieter Willem Botha, conseguiu a sua libertação. Em 11 de fevereiro de 1990, o ativista, enfim, foi solto, e deixou a prisão.

Presidência, Nobel e reconhecimento mundial

A partir dali, era questão de tempo até Mandela tomar o lugar que lhe era de direito: a presidência. Em 1991, virou presidente do CNA. Em 1992, um referendo entre os brancos, com mais de 68%, aprovou uma futura constituinte. Em 1993, ele ganha o Prêmio Nobel da Paz. E em 1994, com 62% dos votos, ganha a eleição em meio à tensão dos grupos de extrema direita e dos próprios revolucionários.

Mandela tem reconhecimento mundial (Wikimedia/South Africa The Good News)Mandela tem reconhecimento mundial (Wikimedia/
South Africa The Good News)

Depois, aprovou uma nova Constituição, adotou um novo hino nacional, criou uma comissão para investigar os crimes do Apartheid, e recolocou a África do Sul no caminho para a democracia. Recebeu mais de 250 prêmios e condecorações por seu trabalho. Além do Nobel, ganhou reconhecimentos de importância como o Presidential Medal of Freedom dos Estados Unidos e a Ordem de Lenin da União Soviética.

Deixou a presidência em 1999, quando já lutava contra problemas de saúde. Em 2001, foi diagnosticado com um câncer de próstata, e lutou por anos contra a doença. Em 2011, o ativista teve uma grave infecção respiratória. Em 2012, uma nova internação, com dores abdominais. Em meados de 2013, sofreu uma infecção pulmonar.

E após anos de luta e dedicação à política, Mandela faleceu em 5 de dezembro de 2013. Sua luta e trajetória de vida, porém, seguem vivas, e assim permanecerão para sempre. Não somente para os sul-africanos como para todo o mundo.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Enayde Santos
    2014-07-19T09:02:07

    Exemplo de bom carater a ser seguido.

  • Leonel Reis
    2014-07-18T17:05:02  

    Moçada da pele mais escura adoooooora um feriado...

    recentes

    populares

    • Leonel Reis
      2014-07-18T17:05:02  

      Primeiramente antes de se referir de forma critica a data especial e alcançada com muita luta e sofrimento pelo "Nelson Mandela" você (Leonel Reis) deveria se impor no seu papel de cidadão e rever os valores e conceitos que regem uma sociedade e a partir disto compreender o desencadeamento de nosso país " Brasil " e notar a divida que possuímos eternamente aos nossos irmãos africanos especificamente .Portanto , não interessa a finalidade com a qual o fez redigir essa frase de caráter racista e imoral, mas lembre se você

    recentes

    populares

    • Leonel Reis
      2014-07-18T17:05:02  

      Um elemento com um comentario desse, nao vale nem o que o gato enterra!!!

  • Lula Molusco
    2014-07-18T21:37:41  

    GRANDE NELSON MANDELA. ------LEMBRO ME BEM QUANDO OS REIS DO BRASIL FORAM NO VELÓRIO DESSE GUERRILHEIRO. ---------QUEM SE LEMBRA DO LULA, FERNANDO COLLOR, FERNANDO HENRIQUE, JOSÉ SARNEY E A RAINHA DILMA TODOS JUNTOS NO MESMO AVIÃO.

    recentes

    populares

    • Lula Molusco
      2014-07-18T21:37:41  

      Pudera Deus nos honrar com um bombardeio daqueles da Malásia Airlines!

  • Thiago Moreira
    2014-07-18T20:01:52

    "Leonel Reis" é descendente de africano , o sangue africano percorre em suas veias e não queire negar isso, hipócrita.

  • Paul Brasil
    2014-07-18T22:08:01

    3 Décadas preso, enfermo, torturado, chegou a presidência e viveu quase 100 anos, impressionante ! VALEU MANDELA !!!

  • Paul Brasil
    2014-07-18T22:03:29

    O que mais me deixa impressionado na vida do Mandela ; 3 décadas preso, enfermo, torturado e mesmo assim viveu quase 100 anos. VALEU MANDELA !!!.

  • Nadiel Silva
    2014-07-18T21:20:14

    mais um grande ser humano que nos convida a fazermos muitas reflexões sobre o sentido da vida. sua matéria morreu, mas suas idéias, seu conteúdo e, principalmente, suas atitudes se eternizarão para toda a humanidade. obrigado Google por trazer esta homenagem a quem realmente merece e por nos ofertar uma boa matéria sobre a vida deste homem !

  • Luciana Ferreira
    2014-07-18T19:59:30

    Linda e mais do que merecida a homenagem!!!

  • Luiz Freitas
    2014-07-18T17:37:03

    Triste ver que mesmo tendo lutado a vida inteira pela extinção do racismo, essa doença continua presente no coração de muitas pessoas, mesmo que elas digam o contrário. Posso dizer que racismo é hereditário e contagioso. Como Mandela disse, nenhuma pessoa nasce odiando outra, muito menos por causa do tom de pele, mas o exemplo ta aí escancarado pras crianças, dentro da própria casa, nas escolas, nas piadinhas... Infelizmente é fato, racismo vem de berço.

  • Ricardo Medeiros
    2014-07-18T15:31:44

    Um Mito!

  • Luis Henrique
    2014-07-18T15:31:06

    E o povo brasileiro acha que Neymar, personagens de novelas, ex big brothers são heróis.......por isso o Brasil não muda...o legal aqui é ser DESONESTO...quem é honesto, é careta, chato e não vai pra frente....aprenda povo brasileiro....herói é quem orgulha e ajuda o nosso país, independente se irá receber ou não pra isso.....Um salve ao Mandela...depois do meu pai, Senna, ele é meu herói...

  • Alexjoneshow
    2014-07-18T15:07:56

    Feliz dia do Nelson Mandela. Deveria ser feriado. Iria ser uma justa causa.

  • Sergio Correa
    2014-07-18T12:52:31

    Madiba Forever

  • Jorge Correia
    2014-07-18T12:52:45

    EXEMPLO A SER SEGUIDO...

  • Adeirt.reis
    2014-07-18T13:39:17

    Grande Mandela ! "Ninguém nasce odiando... A educação é a arma mais poderosa que se pode usar para mudar o mundo. - A maior glória na vida não é nunca cair,mas se levantar depois de cada queda." Grande Homem!

  • Juliano César
    2014-07-18T13:40:19

    Afinal, a maioria não conhece o outro lado da moeda. Se é que me entende.

  • Fabiana Vasconcelos
    2014-07-18T14:14:22

    Ninguém nasce odiando outra pessoa por causa da cor da pele, origem ou religião dela ...

  • Clarice F.
    2014-07-18T14:32:47  

    Merecedor de homenagens em cadeia mundial. Será que alguma rede de comunicação brasileira fará alguma homenagem? Será lembrado pelo Jornal Nacional ou pelo Fantástico?

    recentes

    populares

    • Clarice F.
      2014-07-18T14:32:47  

      agora vai pois tu já avisou....

  • Jose Neto
    2014-07-18T14:46:00

    O povo só comenta sobre abdômen dos artistas, copa, ...... e outras notícias que não nos leva a NADA!!!!