15/07/2014 18h00 - Atualizado em 21/07/2014 10h57

Oracle pode parar de corrigir falhas no Java para Windows XP; entenda

João Kurtz
por
Para o TechTudo

Oracle anunciou na última semana que pode não dar o suporte do Java para o Windows XP. Ou seja, o plugin vai continuar funcionando normalmente nos computadores que usam o antigo sistema operacional da Microsoft, mas algumas correções de falhas e bugs podem não ser feitas no futuro.

Cinco dicas deixam o computador mais rápido em poucos minutos; teste

Versões novas do Java nao vão corrigir problemas específicos do Windows XP (foto: Reprodução/Oracle)Versões novas do Java não vão corrigir problemas específicos do Windows XP (foto: Reprodução/Oracle)

A decisão foi tomada após a Microsoft encerrar o suporte para o Windows XP. Os usuários que ainda utilizam o sistema vão poder instalar e usar o plugin e também vão receber outros tipos de atualizações, garantiu o vice presidente de gerenciamento de produtos de Java da Oracle, Henrik Stahl.

A diferença é que a empresa pode não mais corrigir eventuais falhas específicas no Windows XP - incluindo de segurança.

De acordo com a Oracle, caso o problema seja exclusivo do Windows XP, seus desenvolvedores não são mais obrigados, ou podem não ter os meios de fazê-lo, a corrigir o problema. Entretanto, atualizações de segurança gerais, que focam todos os sistemas suportados, lançadas pela Oracle, continuarão sendo disponibilizadas aos usuários de Windows XP.

As mudanças afetam apenas a versão 7 do Java, já que a versão 8 não foi projetada para ser usada no Windows XP, embora possa ser instalada por métodos não convencionais. A Oracle recomenda que os usuários atualizem seus sistemas antes de tentarem instalar o Java 8 nestes computadores.

Via Java e ZDNet

Como evitar que um filme online fique travando? Veja no Fórum do TechTudo

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares