Internet

23/08/2014 08h00 - Atualizado em 23/08/2014 08h00

Crianças: perigos e dicas de como lidar com 'excesso de Internet' em casa

Raquel Freire
por
Para o TechTudo

Muitos pais acreditam que o uso da Internet beneficia o desenvolvimento dos filhos. Isso até pode ser verdade, desde que com cuidado e moderação. Segundo um estudo da Public Health England, agência de saúde pública britânica, crianças que passam mais de quatro horas por dia conectadas à Internet são mais propensas a desenvolverem depressão, ansiedade, agressividade e baixa estima.

Google prepara versão ‘segura para crianças’ do YouTube e outros serviços

A superexposição dos pequenos ao mundo digital pode também interferir negativamente em aprendizados do cotidiano. A pesquisa feita pela fabricante de antivírus AVG, com seis mil mães de diferentes países, trouxe constatações preocupantes. Entre crianças de 3 a 5 anos, 66% são capazes de operar jogos de computador e 57% sabem usar pelo menos um aplicativo no smartphone.

Mas, o problema aparece nestes números: só 14% conseguem amarrar o próprio tênis e 50% não sabem o caminho de casa. O Brasil ocupa a terceira posição no ranking dos países com maiores índices de desenvolvimento de habilidades tecnológicas nessa faixa etária, sendo vencido apenas por Estados Unidos e Inglaterra.

Quais são os melhores smartphones e tablets para crianças? Veja no Fórum do TechTudo.

Mas, o fato é que a Internet estará cada vez mais presente na vida das próximas gerações. Extrair o que ela tem de melhor pode gerar frutos muito positivos na educação das crianças, e medidas simples ajudam a alcançar esse objetivo. Instalar programas de controle parental no computador e nos dispositivos móveis usados pelos filhos, baixar apps pedagógicos e criar uma pasta de sites pré-aprovado são algumas soluções criativas para explorar a tecnologia no que ela tem de melhor.

Veja no infográfico da Iinterativa mais dados interessantes sobre os problemas e as formas de lidar com o ‘excesso de Internet’ em casa e na vida dos pequenos.

Gráfico mostra principais problemas envolvendo o uso da Internet por crianças (Foto: Infográfico/Iinterativa)Infográfico mostra principais problemas envolvendo o uso da Internet por crianças (Foto: Infográfico/Iinterativa)
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Victor Vulcanis
    2014-08-23T10:53:19  

    Esse tipo de estudo me lembra na idade média, quando a galera comia trigo estragado, ficava doidão vendo coisas, e diziam que ela estava possuída pelo demônio, e matavam na fogueira pra libertar a alma. As causas de depressão são diversas, duvido muito que a internet sozinha cause depressão em alguem, principalmente pelo fato da internet hoje ser usada em absolutamente tudo, até quando lavo roupas estou "conectado a internet" com a minha máquina que vai me avisar no smartphone que a roupa ficou pronta.

    recentes

    populares

    • Victor Vulcanis
      2014-08-23T10:53:19  

      A internet não vai causar depressão em quem está utilizando, vai causar no pai, na mãe do cara que não pensa mais em nada, apenas computador, jogos, SMS, ninguém mais senta para conversar decentemente, só pelo SMS, facebook, aliás, você não fala com seus pais e mães sobre certas coisas mas no facebook todo mundo sabe!!

  • Fulano Tal
    2014-08-23T13:36:11

    .... como em casa eles nunca vão ser "banidos", eles acabam aproveitando-se de uma situação e não estão nem aí para pai e mãe. Qual é hoje a criança ou adolescente que senta para conversar?? só se for por SMS, quero ver o que vai ser do mundo com esta preparação, antes o jovem com 16, 17 anos se não trabalhava, pelo menos tinha consciência de que um dia teria que se virar sozinho, hoje estes jovens com esta idade não estão nem aí pra vida exterior, é apenas computador, celular, tablet, mensagem daqui e dali!!!

  • Fulano Tal
    2014-08-23T13:32:38

    Lenga lenga! para os dois sabichões aí em baixo, ou vocês ainda não tem família ou não estão nem aí para seus filhos. A internet, consequentemente computadores e jogos eletrônicos são os maiores responsáveis pela desunião familiar hoje em dia. Quem tem filhos que nunca brigou com eles devido à falta de interesses em assuntos familiares, nem na mesa no horário das refeições eles querem conversar, e quando falam é o estritamente necessário na concepção deles. Quando você vai a algum lugar então é outra briga, primeiro tenho que terminar o jogo, não posso parar agora senão vou ser banido!!......

  • Izanami
    2014-08-23T11:41:45

    Concordo com Victor. É o mesmo lenga lenga de quando maldizem os jogos de ''violência''. O vício (de internet, videogames, etc) provavelmente faz mal. Mas antes disso, a pessoa tem que ter propensão a ser viciado, ou seja, pode ter inúmeros problemas familiares (pais ausentes e desleixados) e pessoais, em casa, na escola, na rua onde brinca (ou não brinca!)... O uso não deve fazer mal, mas o vício, que direciona o uso, com certeza. Mas se uma criança se vicia em computadores, provavelmente, ela não encontra ''prazeres'' longe dele. Infelizmente.