Redes sociais

07/08/2014 08h47 - Atualizado em 07/08/2014 08h47

Facebook Messenger: termos de uso revelam motivo da separação de apps

Aline Jesus
por
Para o TechTudo

O Facebook está no meio de um processo de transferência do sistema de bate-papo de seus aplicativos móveis para o Facebook Messenger - ou seja, é necessário usar o mensageiro para o chat. No Windows Phone, por exemplo, isso já entrou em vigor na última atualização do app.

Melinda Kiss? Facebook rejeita sobrenome, de novo, por ser ‘sugestivo’

Um dos motivos da mudança pode estar nos termos de uso do mensageiro. Afinal, ele exige diversas permissões que dão acesso a um vasto conteúdo pessoal do usuário do telefone em que é instalado. 

Facebook e Messenger (Foto: Luciana Maline/TechTudo)Termos de uso do Facebook Messenger revelam motivo da separação dos apps (Foto: Luciana Maline/TechTudo)



O jornal Huffington Post fez um levantamento de todas as permissões necessárias e classificou como “assustador” o nível de dados ao qual o Facebook Messenger pede acesso nos aparelhos Android. É preciso, por exemplo, conceder liberdade para fazer ligações, enviar mensagens de texto, tirar fotos e até gravar áudio, sem qualquer confirmação do usuário para as ações.

Quando a pessoa clica em “aceitar”, concorda com todas essas normas. E, consequentemente, acaba disponibilizando suas informações pessoais para o Facebook e para quem quer que a rede social desejar, como possíveis empresas que pagam para ter acesso a este tipo de dados para fazer propaganda, por exemplo. Em resposta ao caso, o site revelou que não tem como controlar o tipo de permissão que pede, pois os padrões são do próprio Android.

Já o Kvia publicou alguns exemplos dados pelo Facebook, em que segundo eles, a solicitação de dados de câmera ou microfone não significam que é para o uso da rede, mas sim que o usuário autoriza que o app tire fotos ou grave mensagens de áudio quando a própria pessoa tocar nos ícones para tal.

Facebook Messenger exige muitas autorizações (Foto: Reprodução/Google Play)Facebook Messenger exige muitas autorizações (Foto: Reprodução/Google Play)

Por que o Facebook não abre no meu PC? Saiba no Fórum do TechTudo. 

O Facebook alega ainda que muitas destas permissões são padrão para os mensageiros instantâneos do Android, como Snapchat, Line e Skype. Polêmicas à parte, a rede social segue com o planejamento de remover o bate-papo do app do Facebook em si para que o Messenger seja o foco das conversas entre os usuários.

Confira o que o usuário permite que o Facebook Messenger faça ao aceitar seus termos, nas palavras da própria rede social:

 Identidadeencontrar contas no dispositivo
ler próprio cartão de contato
 Contatos/agendaler seus contatos 
 Locallocalização aproximada (com base na rede)
localização precisa (GPS e com base na rede) 
 SMSeditar suas mensagens de texto (SMS ou MMS)
receber mensagens de texto (SMS)
ler suas mensagens de texto (SMS ou MMS)
enviar mensagens SMS
receber mensagens de texto (MMS)
 Telefoneligar diretamente para os números de telefone
ler registro de chamadas
 Fotos/Mídia/Arquivostestar o acesso ao armazenamento protegido
alterar ou excluir conteúdo de armazenamento USB
 Câmera/Microfonetirar fotos e gravar vídeos
gravar áudio
 Informações de conexão Wi-Fiver conexões Wi-Fi
Informações de chamada e código do dispositivo ler status e identidade do telefone 
Outras
receber dados da Internet
fazer download de arquivos sem notificação
executar na inicialização
impedir modo de inatividade do aparelho
ver conexões de rede
instalar atalhos
alterar suas configurações de áudio
ler a configuração de serviço do Google
sobrepor outros aplicativos
acesso total à rede
ler as configurações de sincronização
controlar vibração
alterar conectividade da rede

Via Huffington PostKvia e Google Play

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Leandro Rodrigues
    2014-08-07T11:18:22

    PS: É possível com Android Rooteado limitar o acesso ao aparelho.

  • Antonio Souza
    2014-08-07T10:54:43

    São ações necessárias ao aplicativo (até entendo até esse ponto), mas que deveriam ter uma opção de escolha separadamente para cada uma delas. O que me preocupa é se isso fica no âmbito do uso do aplicativo ou o Facebook e empresas ligadas a ele terão acesso a essas informações. Que é muito estranho se o aplicativo, comumente, é usado para conversas privadas.